João Pessoa 23/07/2018 17:19Hs

Início » Policial » Polícia prende no Cariri paraibano homens suspeitos de homicídio e violência doméstica

Polícia prende no Cariri paraibano homens suspeitos de homicídio e violência doméstica

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Alcantil, no Cariri Paraibano, deu cumprimento, na manhã desta quarta-feira (11), ao mandado de prisão preventiva expedido pela Vara Única do Município de Boqueirão em desfavor de Edvaldo Erasmo de Lima pela prática de violência doméstica. O suspeito estava sendo procurado desde o dia 26 de março desse ano.

Edvaldo foi preso na casa onde mora, na Rua Projetada, no Conjunto Ronaldo Cunha Lima. Ele foi ouvido pela delegada de Alcantil, Ivanize Fonseca, e encaminhado para a carceragem da Delegacia, onde vai ficar recolhido aguardando pela decisão da Justiça.

Mais prisão – Ainda na cidade Alcantil, no início da tarde, policiais civis prenderam Leandro Santos. Ele estava sendo procurado pela Justiça desde o dia 14 de dezembro de 2017. Leandro é suspeito de participar, no dia 21 de setembro do ano passado, do crime de latrocínio (roubo seguido de morte) que teve como vítima Claudionor José dos Santos, 38 anos. O caso foi registrado no Sítio Barra de Aroeiras, no município de Alcantil.

Durante as investigações a polícia foi informada que o crime foi praticado por dois homens que se aproximaram da vítima, que estava com o pai, e anunciaram o assalto. Durante ação criminosa os ladrões agrediram o pai de Claudionor, que sofreu um corte no supercílio. Desesperado, Claudionor entrou na briga para defender o pai e foi atingido por dois tiros no tórax e morreu no local.

A partir da descrição dos criminosos, os agentes de investigação da Polícia Civil conseguiram identificar o suspeito conhecido como ‘Leo’ e foi pedida a prisão preventiva dele à Justiça. Foram realizadas várias diligências na região, mas Leandro conseguiu fugir do Estado. O trabalho investigativo continuou até a descoberta de que o suspeito estava escondido na cidade de Taquaritinga do Norte em Pernambuco onde ele foi preso na tarde dessa quarta feira.

Leandro dos Santos foi ouvido pela delegada Ivanize Fonseca e está preso na carceragem da Delegacia aguardando pela apresentação ao juiz da custódia.

Secom-PB