João Pessoa 18/06/2018 15:28Hs

Início » Política » Afago: Sarney pode voltar à Presidência como interino

Afago: Sarney pode voltar à Presidência como interino

Depois de 22 anos, o senador José Sarney (PMDB-AP) poderá voltar à cadeira de presidente da República. A partir de domingo, a presidente Dilma Rousseff inicia uma viagem pela França e Rússia, e assume o vice-presidente Michel Temer. Porém, Temer deve embarcar para Lisboa, entre os dias 14 e 15, para as comemorações do “ano do Brasil em Portugal”. Deveria assumir, então, o segundo na linha de sucessão, o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-SP). Porém, ele também deve estar fora do país para cumprir agenda do Mercosul. O gabinete, então, ficará aberto para Sarney.

A interinidade de Sarney seria uma “homenagem” de Dilma ao presidente que comandou o Planalto, de março de 1985 a março de 1990. Mas assessores da Presidência e do Senado negam que esta composição seria uma tentativa de agradar Sarney, no momento em que ele poderá ser instado a colocar em votação a derrubada do veto presidencial ao projeto dos royalties do petróleo.

Dilma está preocupada com a mobilização dos governadores de estados não produtores de petróleo, capitaneados por Cid Gomes, do Ceará, que querem derrubar o veto da presidente, para garantir a distribuição dos recursos. Entre os governadores está Roseana Sarney, do Maranhão, filha do presidente do Senado. Embora a derrubada do veto seja uma manobra considerada difícil de ser concretizada, o Planalto foi alertado sobre o risco de isso ocorrer e tenta agora uma aproximação com Sarney. Na estratégia está incluída a viagem que Dilma fez nesta semana para a capital maranhense, São Luís.

(Com Estadão Conteúdo)