João Pessoa 17/08/2018 01:22Hs

Início » Política » Azevedo sinaliza saída de RC do Governo e acena com possibilidade de Lígia sair também

Azevedo sinaliza saída de RC do Governo e acena com possibilidade de Lígia sair também

O secretário e pré-candidato João Azevedo praticamente confirmou, neste final de semana, o que toda a Paraíba já sabe: o governador Ricardo Coutinho deve mesmo deixar o cargo em abril para disputar o Senado. E por várias razões, dentre elas o fato de poder perder o foro privilegiado, diante das várias ações que responde, inclusive duas da pesada no Superior Tribunal de Justiça.

Conforme afirmou Azevedo, a saída do governador independe da posição da vice Lígia Feliciano, que poderia, inclusive, assumir outra candidatura a vice na chapa do PSB: “A decisão é dela se fica como vice ou se sai candidata. Haverá possibilidade de se repetir a aliança.” Sabe-se, porém, que haverá uma nova conversa do governador com a vice para tentar negociar sua saída do Governo em abril.

Por essa lógica, Lígia sairia do Governo junto com Ricardo Coutinho. E com a vacância do posto, o deputado Gervásio Filho poderia assumir o Governo e convocar eleições em 90 dias. Caso não aceite, porque ficaria inelegível para o pleito deste ano, assumiria o presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Joás de Brito Pereira. E um governador-tampão seria eleito pela Assembleia.

Nessa hipótese, o governador apostaria na eleição do próprio Azevedo, que seria então candidato à reeleição sentado no trono e com a caneta na mão.

Helder Moura