João Pessoa 17/08/2018 09:09Hs

Início » Política » Bolsonaro e Lula empatam na liderança da corrida presidencial em Goiás

Bolsonaro e Lula empatam na liderança da corrida presidencial em Goiás

Levantamento é do Paraná Pesquisas

Uma pesquisa do instituto Paraná Pesquisas com os eleitores goianos mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) estão empatados em intenções de voto à Presidência. O petista tem 28,2%, enquanto Bolsonaro aparece com 24,7%.

Como a margem é de 2 pontos percentuais, os 2 estão tecnicamente empatados. Foram pesquisados 2 cenários, 1 com e outro sem o Lula. Eis a íntegra do levantamento.

nenhum
28.2%
Lula (PT)
24.7%
Jair Bolsonaro (PSC)
9.8%
Marina Silva (Rede)
6.6%
Geraldo Alckmin (PSDB)
6.1%
Joaquim Barbosa
3.3%
Henrique Meirelles (PSD)
3.0%
Ciro Gomes (PDT)
2.2%
Alvaro Dias (Podemos)
3.9%
não sabe
11.9%
nenhum
Fonte: Paraná Pesquisas

No cenário sem o petista, Bolsonaro lidera isolado: 27,8% contra 15,8% de Marina Silva (Rede). O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), cotado como possível substituto de Lula, caso o petista seja impedido de competir na eleições, pontua com apenas 4,1% da intenções.

Neste cenário, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) tem 8,2% das intenções, seguido pelo ex-ministro do STF Joaquim Barbosa (sem partido), 7,2%, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), 6,1%, o ministro da Fazenda Henrique Meirelles (PSD), 5,2%, Haddad (PT), 4,1%, e o senador Alvaro Dias (Podemos), com 2,8%.

Não souberam responder 5,4% dos entrevistados e disseram que não votariam em nenhum 17,5%.

MEIRELLES DESPRESTIGIADO

Eleito deputado federal com o maior número de votos pelo Estado de Goiás em 2002 (183.000), o atual ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, aparece com baixos percentuais nos 2 cenários em que o seu nome é testado (3,3% e 5,2%).

75,2% REJEITAM O GOVERNO TEMER

O instituto também questionou os entrevistados sobre a aprovação ao governo Michel Temer. A administração do presidente da República é avaliada como ruim ou péssima por 75,2% dos entrevistados.

Para 17,5% dos goianos, o governo federal é regular, 5% avaliam a gestão como boa e apenas 0,8% como ótima.

A pesquisa foi realizada de 5 a 10 de dezembro com 1.520 eleitores. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

não sabe
0.8%
ótima
5.0%
boa
17.5%
regular
15.4%
ruim
59.8%
péssima
1.5%
não sabe
Fonte: Paraná Pesquisas
Poder360