João Pessoa 23/05/2018 01:37Hs

Início » Política » Cássio vê naturalidade na candidatura de Ricardo Marcelo e quer a união da oposição

Cássio vê naturalidade na candidatura de Ricardo Marcelo e quer a união da oposição

Senador adiantou que o prefeito Romero Rodrigues é o candidato o PSDB à Prefeitura de Campina Grande (PMCG). O tucano não quis adiantar o seu futuro na disputa de 2018: “é cedo”.

cassio apoi a rmO senador Cássio Cunha Lima (PSDB) afirmou, na tarde desta quinta-feira (20), que ainda vai conversar com os deputados estaduais aliados sobre a eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), para o biênio 2015-2016, marcada para o início de fevereiro. O líder tucano participou de sessão especial na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) e já adiantou que o candidato do PSDB à Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG) é mesmo o atual prefeito Romero Rodrigues.

Sobre a disputa para a Mesa Diretora da ALPB, Cássio disse que vai buscar a unidade entre os parlamentares aliados em torno de uma candidatura apenas. Ele disse que tem mantido conversas com o atual presidente da Casa de Epitácio Pessoa, Ricardo Marcelo (PEN), e que a sua postulação à reeleição “é natural”.

“Esse é um tema específico da Assembleia, eu não posso falar, pois, não sou deputado estadual. Mas, nós vamos conversar com o deputado Ricardo Marcelo, com quem tenho falado por telefone, como também com os deputados que compõem o campo das oposições paraibanas para que possamos tomar a nossa posição como oposição. Mas, essa é uma decisão que cabe aos deputados e as deputadas”, disse em entrevista à Rádio Arapuan.

Reeleição de Romero
O senador ainda negou que poderia entrar na disputa pela PMCG, em substituição ao atual prefeito Romero Rodrigues (PSDB), nas eleições de 2016. “O meu futuro político é cumprir o mandato de senador e fazer o trabalho aqui na Paraíba, fiscalizando, acompanhando e cobrando a execução das obras prometidas nas eleições de 2010 e 2014. Em Campina Grande, o PSDB tem um candidato que é Romero Rodrigues. Isso já está definido. No tempo próprio sua candidatura será homologada”, afirmou.
Eleição de 2018
Por fim, Cássio não quis adiantar o seu futuro político em relação às eleições de 2018, ou seja, se vai disputar à reeleição para o Senado Federal ou se será novamente candidato ao Governo do Estado. “Não tem como imaginar responder essa pergunta. Vai depender do cenário, não se faz política com decisões próprias. Vou defender o que estiver em meu alcance, não há como falar em hipótese alguma o que acontecerá em 2018”, concluiu.

Ângelo Medeiros
WSCOM Online