João Pessoa 20/08/2018 22:50Hs

Início » Política » Cassista nega acordo para renunciar 1ª suplência na ALPB

Cassista nega acordo para renunciar 1ª suplência na ALPB

Cassista nega acordo para renunciar 1ª suplência em prol de Hervázio na AL: “Eu assumirei”

quintans nega acordoO suplente de deputado estadual Assis Quintans, do DEM, descartou, nesta terça-feira (25), a possibilidade de renunciar a primeira suplência na Assembleia Legislativa da Paraíba para que o socialista Hervázio Bezerra (PSB) assuma a titularidade na Casa até o final dessa legislatura.

“Se a Assembleia me convocar eu assumo, na hora que meu nome for publicado no Diário do Poder Legislativo, eu assumo”, avisou, sem dar brechas para possíveis acordos.

Quintans disse ainda que desconhece qualquer articulação nesse sentido e esclareceu que sequer foi procurado por governistas para tratar da hipótese.

“Ninguém falou isso comigo, não houve nenhum tipo de proposta, estou sabendo dessas informações através dos veículos de comunicação, só quero deixar claro que se houver vaga na ALPB, eu, como primeiro suplente que sou, irei assumir”, enfatizou.

Nos bastidores a informação é de que o deputado estadual Lindolfo Pires (DEM) será convocado para assumir a Secretaria do Governo do Estado, antiga Casa Civil, abrindo assim vaga na Assembleia para proporcionar o retorno do ex-líder do Governo, Hervázio Bezerra, à Casa de Epitácio Pessoa.

Mas, para isso acontecer, a gestão socialista, agora, terá que convencer outro parlamentar da base a também se afastar dos trabalhos legislativos, visto que Quintans não se mostrou aberto aos boatos de que ele renunciaria ao posto só para beneficiar o PSB.

O que Quintans ganharia com a renúncia?

Segundo informação repassada por uma fonte de dentro da Assembleia à reportagem do PB Agora, caso Quintans admitisse renunciar ao posto de primeiro suplente para dar espaço para o retorno de Hervázio Bezerra, sem que fossem necessárias outras substituições no parlamento, ele seria beneficiado com um tratamento diferenciado na gestão Adriano Galdino (PSB), no primeiro biênio, da próxima legislatura.

Quintans não disputou à reeleição nas eleições deste ano por alegar problemas financeiros, mas é conhecido como um deputado atuante e de notório saber em áreas estratégicas da Agricultura e de outros setores.

Márcia Dias

PB Agora