João Pessoa 26/05/2018 13:48Hs

Início » Política » Efraim diz que Câmara Federal atendeu desejo popular ao aprovar PEC que reduz a maioridade

Efraim diz que Câmara Federal atendeu desejo popular ao aprovar PEC que reduz a maioridade

efriam filho idadeApós votar favorável a Proposta de Emenda Constitucional (PEC 171/93) batizada de PEC da redução da maioridade penal, o deputado federal Efraim Filho (DEM) afirmou que medida atendeu ao desejo popular.

A exemplo de outros deputados defensores da redução da maioridade penal, Efraim classificou como “normal” a manobra do presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB). Eles alegaram que, como a PEC 171/93 não foi rejeitada, ainda havia a possibilidade de se apresentar emendas que poderiam ser incorporadas ao texto original. Cunha declarou que a emenda é legal e tinha respaldo no regimento.

“A população não se sentiu representada pelo resultado da votação. O que mais recebi foram mensagens de pessoas dizendo que deputado anda com segurança, não é assaltado e, por isso, não se preocupa com a violência”, disse o deputado Efraim Filho (DEM-PB).

Na tarde da quarta-feira (01), o deputado federal Efraim Filho afirmou em entrevista a Rádio Correio FM, que a população havia acordado frustrada com a votação do substituto da redução da maioridade penal que foi rejeitada na Câmara dos deputados após sessão tumultuada.

O parlamentar que veio a público se manifestar da redução disse que a proposta foi perdida e que a sociedade acordou frustrada. – Eu acredito que a proposta foi perdida. Os crimes bárbaros seriam ofensivos, os de menor proporção continuaria sob responsabilidade da ECA. Eu acho que a sociedade acordou frustrada, pois, vê a cada dia mais seus filhos indo pra escola sem saber se voltam. Tem muita gente pra defender bandido – disparou.

PB Agora