João Pessoa 20/08/2018 05:12Hs

Início » Política » Justiça suspende a apuração da eleição da FPF; advogados de Coriolano recorrem

Justiça suspende a apuração da eleição da FPF; advogados de Coriolano recorrem

Magistrado acatou liminar do candidato Amadeu Rodrigues, que alega identificação de alguns votos.

eleição suspensaUm pedido de liminar suspendeu o processo de apuração das eleições da Federação Paraibana de Futebol (FPF), na tarde desta sexta-feira (12). A ação foi ajuizada pelo advogado Marco Souto Maior Filho, representante jurídico do candidato à Presidência da FPF, Amadeu Rodrigues.

O juiz Herbert Lisboa, titular da 4ª Vara Cível da Capital, acatou os argumentos de que representantes de alguns clubes teriam identificado os votos nas cédulas de papel. O magistrado determinou a suspensão imediata do processo de apuração e aplicação de multa diária de R$ 1.000,00 à junta eleitoral, em caso de desobediência.
De acordo com ação, alguns votantes teriam substituído o ‘x’ nos quadrados das cédulas de votação por outras letras, números ou símbolos que identificassem o autor do voto. O ato seria uma comprovação para um dos candidatos na disputa.

A polêmica “liminar do x” como está sendo tratada a ação no interior da FPF, está impedindo a continuidade do pleito. Representantes das outras duas chapas concorrentes, Coriolano Coutinho e João Máximo, tentam convencer o candidato Amadeu Rodrigues a retirar a ação. Até às 16h, o processo ainda estava sendo discutido.

De acordo com Ariano Wanderley, candidato a vice-presidente na chapa de Coriolano Coutinho, a junta eleitoral entende que o ‘x’ é também uma letra do alfabeto, portanto, segundo ele, não existe motivo para a suspensão da eleição. “Mas, enquanto não houver a desistência da ação e a liminar não for cassada, a apuração continuará suspensa”, comentou.

A assessoria jurídica do candidato Coriolano Coutinho já entrou com outra ação para tentar derrubar a liminar de Amadeu Rodrigues.

A expectativa é que ainda hoje se conheça o resultado da votação e o nome do novo presidente da FPF. Concorrem ao cargo máximo do futebol paraibano os candidatos Amadeu Rodrigues, Coriolano Coutinho e João Máximo.

Da Redação
WSCOM Online