João Pessoa 21/06/2018 23:30Hs

Início » Política » Manoel Júnior avalia saída de Gervásio para o PSB: ‘lá não existe democracia; foi um tiro no pé’

Manoel Júnior avalia saída de Gervásio para o PSB: ‘lá não existe democracia; foi um tiro no pé’

manoel dois 1Em entrevista ao programa 60 Minutos, da Arapuan FM, o deputado federal Manoel Júnior, pré-candidato à sucessão municipal pelo PMDB, avaliou a saída dos deputados Gervásio Maia e Trócolli Júnior, conforme noticiado. Para ele, “foi um tiro no pé” e previu que ambos terão dificuldades na nova legenda.

“Aqui no PMDB tem democracia. Lá, não”, ressaltou o pré-candidato ao se referir ao PSB do governador Ricardo Coutinho, para onde os deputados Gervásio Maia e Trócolli deverão abrigar filiação partidária a partir desta quinta-feira (3), quando está prevista uma entrevista coletiva na Associação Paraibana de Imprensa (API), a partir de 11 horas.

Manoel Júnior disse que “lamento muito o episódio que está para acontecer”, destacando que, no caso de Gervásio Maia, “ele já havia anunciado anteriormente a saída em janeiro, afirmando que era contrário a candidatura do PMDB em João Pessoa. Ou seja, já estava trabalhando contra a pré-candidatura do partido”.

Em outra parte da entrevista concedida ao programa do Sistema Arapuan, Manoel Júnior reiterou que o maior obstáculo dos prováveis ex-colegas será encontrar uma brecha para desenvolver a democracia, “pois lá não existe; muito diferente do que eles encontraram no PMDB”;

A pretexto desse assunto, Manoel Júnior fala com autoridade. Ele já foi filiado do PSB na época da vice-prefeitura ao lado do hoje governador Ricardo Coutinho.

Marcone Ferreira