João Pessoa 21/06/2018 23:37Hs

Início » Política » Peemedebista considera natural encontro de Maranhão e Cartaxo, mas adianta que seguirá Gervásio

Peemedebista considera natural encontro de Maranhão e Cartaxo, mas adianta que seguirá Gervásio

Trócolli afirmou também que continuará com a missão de consolidar a aliança entre peemedebistas e socialistas ao destacar que muitas coisas podem mudar na política paraibana até as convenções.

Trócolli-2O secretário de Articulação Política do Estado e deputado estadual licenciado, Trócolli Júnior (PMDB), considerou natural o encontro entre o senador e presidente estadual do PMDB, José Maranhão, e o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), realizado na noite da última segunda-feira (22).

“Eu acho natural todo mundo conversar com todo mundo. Na política, as pessoas são adversárias, não inimigas pessoais. Então, todos podem conversar. O que nós precisamos saber é qual será a posição desses partidos. Eu espero e continuarei trabalhando para que a aliança entre PMDB e PSB seja consolidada”, disse.

O auxiliar do governador Ricardo Coutinho (PSB) admitiu deixar o PMDB ao destacar que seguirá as decisões políticas do deputado estadual Gervásio Maia Filho (PMDB), futuro presidente da Assembleia Legislativa.

“Eu não gostaria de falar sobre hipóteses, nós temos um prazo para decidirmos o caminho que devemos tomar. Agora, politicamente, acompanho o deputado Gervásio Maia e sou governo. Eu não sei se ele vai sair, mas todos os passos serão tomados juntos”, garantiu.

Trócolli afirmou também que continuará com a missão de consolidar a aliança entre peemedebistas e socialistas ao destacar que muitas coisas podem mudar na política paraibana até as convenções.

“Existem alguns desencontros, agora, todos os desencontros são sanáveis com bom diálogo e com o tempo, então, vamos dialogar. Eu sou um homem esperançoso.O que acontece hoje, em fevereiro, poderá ser muito diferente no mês de junho. Dar opiniões sobre supostas possibilidades é muito difícil, nós só vamos ter certeza de tudo nas eleições deste ano quando acabar o prazo das convenções partidárias. Até lá, vamos conversar, dialogar e chegar a um entendimento entre os dois partidos. Só posso dizer com muita tranquilidade que muita coisa pode acontecer até 30 de junho”, falou.

Ele confirmou as declarações do deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), pré-candidato a prefeito de Campina Grande, de que a união com o PSB, que lançou a pré-candidatura do presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB), deve acontecer no segundo turno.

“As declarações sobre Campina Grande já foram dadas pelo deputado federal Veneziano Vital e nós vamos aguardar para um encontro no segundo turno, isso é que o deputado externou para toda população da Paraíba”.

Trócolli ainda considerou legítima a pré-candidatura do deputado federal Manoel Júnior (PMDB) a prefeito da Capital, mas reafirmou a disposição de articular o apoio de seu partido ao PSB.

“A candidatura de qualquer companheiro de partido é legítima. O que posso afirmar é que continuaremos trabalhando até 30 de junho para que a aliança entre PMDB e PSB seja consolidada. Eu só desisto nos acréscimos do segundo tempo e dou como exemplo a candidatura do ex-senador Vital do Rêgo que foi decidida no dia da convenção, às 8h, qualquer prognóstico faltando cinco meses é precipitação”, concluiu.

Blog do Gordinho