João Pessoa 22/05/2018 02:14Hs

Início » Política » Eliza Virgínia acusa Anísio de sabotar audiência sobre doutrinação de gênero na ALPB

Eliza Virgínia acusa Anísio de sabotar audiência sobre doutrinação de gênero na ALPB

Confusão na tarde desta segunda-feira (20), na Assembleia Legislativa da Paraíba. Estava agendado para hoje uma Audiência Pública, solicitada pela deputa Eliza Virgínia (PSDB), para debater a doutrinação e ideologia de gênero. Só que ao chegar na Assembleia, Eliza foi informada que o plenário não estava disponível para a sessão, já que o presidente da Comissão de Educação da ALPB, Anísio Maia (PT), não havia assinado a liberação do espaço.

Em contato com o Blog do Anderson Soares, a deputada disse que se trata de um boicote de Anísio, já que a audiência foi aprovada em plenário e registrada no dia 10 de outubro no setor de protocolo da Casa Epitácio Pessoa. Eliza afirmou que procurou a responsável do setor, que lhe comunicou o registro da audiência, porém, entregou nas mãos de Anísio Maia e ele não assinou. Após muita confusão, o plenário foi liberado, porém, sem os registros taquigráficos e transmissão pela TV Assembleia.

“Ficou claro a tentativa de sabotagem da audiência. A sessão foi aprovada, em plenário, e no dia 10 de outubro protocolei a audiência. Tem o registro no setor. A Pessoa responsável disse que tratou do assunto por várias vezes com o presidente da Comissão de Educação, Anísio Maia, mas ele não assinou a liberação. Isso é um absurdo. Há mais de um mês que foi protocolado e o presidente da comissão não assina o documento”, desafabou Eliza.

Anderson Soares