João Pessoa 25/06/2018 15:15Hs

Início » Câmara em foco » Raoni cobra providências a secretária sobre descaso na saúde da capital

Raoni cobra providências a secretária sobre descaso na saúde da capital

Raoni-Mendes1O vereador Raoni Mendes (PDT) exigiu providências da secretária de Saúde de João Pessoa, Mônica Rocha Rodrigues, durante audiência pública na Câmara dos Vereadores, nesta terça-feira (10), para que seja resolvido os problemas de descaso que têm ocorrido nos hospitais da rede municipal. Na ocasião, o parlamentar questionou a nomeação de parentes da secretária para exercer cargos na prefeitura da capital.

 

Durante o debate, Raoni Mendes questionou as queixas da população com relação à falta de insumos e médicos no Hospital Ortotrauma (Trauminha), no bairro de Mangabeira, que tem causado indignação à população. “O povo está sofrendo com a falta de materiais e além disso há médicos que são contratados e estão faltando aos plantões. O tomógrafo do complexo também está sem funcionar há meses”, disse o parlamentar.

 

O vereador cobrou melhorias para o Hospital Laureano e Padre Zé, locais que têm sido prejudicados com o atraso do repasse e também com pacientes regulados pela secretaria. Segundo Raoni, no Laureano há déficit mensal de R$ 600 mil e no Padre Zé de R$ 500 mil.

 

Casos como a falta de regularidade na realização de cirurgias para cálculos urinários na rede de saúde, além da falta de política para transplante renal, hepático e cardíaco foram debatidos, pois o problema exige que as pessoas que necessitam do atendimento precisem se dirigir  para outras cidades.

 

Na audiência pública, a secretária Mônica Rocha Rodrigues apresentou o relatório quadrimestral da Secretaria de Saúde do Município, justificou que o Ortotrauma de Mangabeira tem assumido demandas que não são da responsabilidade do Complexo e alegou que os profissionais faltosos deverão se justificar no Conselho Regional de Medicina (CRM).

 

Nepotismo – A secretária foi questionada sobre os parentes dela que estão exercendo cargos na atual gestão. Segundo o vereador Raoni Mendes, o irmão, o cunhado e o marido de Mônica Rocha estão no quadro de funcionários da prefeitura, o que caracteriza prática de nepotismo. “O marido da secretária, mesmo sendo concursado, recebe por cargo de chefia sem sequer ter  a especialidade a qual exerce , o cunhado tem cargo comissionado e o irmão é prestador de serviço no Executivo”, ressaltou o parlamentar acrescentando que vai encaminhar o caso ao Ministério Público (MP).

Assessoria parlamentar