João Pessoa 22/06/2018 13:11Hs

Início » Política » Ricardo avisa a aliados que não aceitará divergências em CG e cobra lealdade

Ricardo avisa a aliados que não aceitará divergências em CG e cobra lealdade

O chefe do executivo estadual cobrou lealdade de seus aliados e reafirmou sua defesa ao nome de Adriano Galdino na Rainha da Borborema.

rc-fabiomaiaO governador Ricardo Coutinho (PSB) mandou um recado claro para o seu chefe de gabinete, Fábio Maia (PSB), ao afirmar que não aceitará divergências internas sobre a pré-candidatura do presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB), a prefeito de Campina Grande. O aviso do socialista foi uma resposta às declarações de seu auxiliar de que não vislumbrava o fortalecimento de uma terceira via na cidade.

“Eu não posso ter nenhum auxiliar direto meu com uma postura diferente dessa. Se é para caminhar comigo tem que estar no projeto, não pode caminhar comigo e não estar no projeto, isso vale para todo mundo. Nós estamos numa disputa de projeto e não disputa pessoal de A, B ou C”, declarou o governador.

O chefe do executivo estadual ainda cobrou lealdade de seus aliados e reafirmou sua defesa ao nome de Adriano Galdino nas eleições para o governo da Rainha da Borborema.

“As pessoas que têm a minha confiança precisam devolvê-la com lealdade. Em Campina Grande, nós temos um parceiro, um companheiro, uma pessoa que representa o projeto que eu, ao lado de Lígia, comandamos no estado, e essa pessoa é o pré-candidato e presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino”, sentenciou.

Em entrevista recente à imprensa, Fábio Maia observou que as eleições em Campina Grande são caracterizadas pela polarização entre os grupos Cunha Lima e Vital do Rêgo e considerou improvável a consolidação de uma terceira via na disputa.

“Em Campina Grande, o quadro é difícil, as eleições são sempre polarizadas, mas cada eleição é uma história, é um momento. Eu tenho focado minha contribuição no governo e em João Pessoa. Quando eu falei em polarização é porque, de fato, existe isso entre dois grupos em

Campina, não sei se a cidade está madura para ter uma terceira via com quem quer que seja”, falou.
Após repercussão de sua fala, ele recuou e tratou de dizer que foi mal interpretado e garantiu que apoia a pré-candidatura do PSB no município. Fábio Maia ainda apostou na vitória de Adriano Galdino.

Blog do Gordinho