João Pessoa 18/08/2018 14:04Hs

Início » Política » Tucano admite diálogos com executiva nacional do PRP para abortar desfalque na base do Governo Romero na CMCG

Tucano admite diálogos com executiva nacional do PRP para abortar desfalque na base do Governo Romero na CMCG

Tucano nega golpe para “abiscoitar” comando do PRP e diz que só quer evitar desfalque na base de Romero

bruno cunha lima prpO deputado estadual Bruno Cunha Lima, do PSDB, admitiu, nesta quarta-feira (22), em entrevista ao portal PB Agora, que conversou com a executiva nacional do PRP para abortar a tentativa da dirigente estadual da legenda, Maria da Luz, de retirar os vereadores Nelson Gomes e Joia Germano da base que dá sustentação ao Governo Romero Rodrigues (PSDB), na Câmara Municipal de Campina Grande.

Segundo o parlamentar, de forma intransigente, a direção estadual da legenda vai de encontro aos interesses do partido e tenta mudar o posicionamento dos dois únicos representantes da legenda na Casa Félix Araújo.

“Meu diálogo com a executiva nacional foi no sentido de preservar a posição dos companheiros. Eles têm até setembro para decidir se vão ficar ou não no PRP visando às eleições de 2016. Alertei o presidente sobre isso, de perder dois importantes quadros caso decidam permanecer na base de Romero e sejam retaliados pela executiva estadual do PRP na Paraíba. O bom seria que eles não precisassem sair. Mas os dois vereadores vão se manter na base, isso foi garantido”, disse o tucano.

Para Bruno, a única que “rema contra a maré”, ou seja, que está contra a gestão Romero em Campina Grande, é a presidente Maria da Luz, mas, apesar da instrasigência, ele vê com naturalidade a reação dela com relação ao diálogo dele, que é do PSDB, com a executiva nacional do PRP.

“Vejo com naturalidade a atitude de Da Luz. Ela tem todo o direito de achar ruim qualquer diálogo que vá de encontro ao que ela pensa. De fato, falei com o presidente do PRP em Brasília e dialogamos, sobretudo sobre Campina Grande, uma vez que a presidente Da Luz vai de encontro aos interesses do partido. O PRP tem dois importantes vereadores, o ex presidente Nelson Gomes, principal defensor do governo na Casa, e Jóia Germano, que é chefe de gabinete do Governo Romero. A presidente insiste em remar contra a maré e aos membros da sigla e quer tirá-los da base”, explicou.

Bruno disse ainda que em nenhum momento tentou “abiscoitar” o comando do partido na Paraíba, mas apenas preservar a manutenção de vereadores do PRP na base do Governo Romero na Câmara da Rainha da Borborema.

Com informações de Vanessa de Melo

PB Agora