João Pessoa 25/04/2018 22:23Hs

Início » Política » Wilson Filho diz que a Paraíba parou no tempo em relação à produção de energias renováveis

Wilson Filho diz que a Paraíba parou no tempo em relação à produção de energias renováveis

wilson filho energiaRepresentando a bancada federal paraibana, o deputado, Wilson Filho (PTB), participou nesta segunda-feira (30) de uma audiência pública na Assembleia Legislativa da Paraíba sobre “Mudanças climáticas e os desafios para os próximos anos”. A propositura foi do deputado estadual, Jeová Campos (PSB). O parlamentar defendeu a utilização da energia renovável e disse que a Paraíba parou no tempo em relação a esse tema.

O parlamentar falou das mudanças climáticas e defendeu a utilização da energia renovável para minimizar os efeitos devastadores causados por chuvas e secas prolongadas. “É necessário fazer a nossa parte em relação a preservação. Temos que investir em energias renováveis, mas pena que o Brasil acordou tarde para essa realidade, apesar do grande potencial”, disse.

Wilson Filhou falou que a Paraíba tem um potencial extraordinário para a produção de energia eólica e solar, mas não aproveita as suas potencialidades. “Infelizmente a Paraíba parou no tempo e com isso o Estado perde em arrecadação, a população perde em relação a geração de emprego e renda e todos nós perdemos, pois ao invés de usarmos uma energia renovável, continuamos colaborando para a degradação do meio ambiente”, disse.

Em relação aos investimentos na área de energias renováveis, o deputado disse que o BNDES já tem uma boa atuação nesta área. Defendeu ainda que o Banco do Nordeste e a Sudene também voltem as suas ações para estimular a produção deste tipo de energia como forma de desenvolver o Nordeste e preservar o meio ambiente.

Energias renováveis – As fontes de energias renováveis, são aquelas em que a sua utilização e uso é renovável e pode-se manter e ser aproveitado ao longo do tempo sem possibilidade de esgotamento dessa mesma fonte, exemplos deste tipo de fonte são a energia eólica e solar.

Assessoria