João Pessoa 21/04/2018 03:56Hs

Início » Saúde » PMJP inaugura novas instalações do Centro de Reabilitação e Tratamento da Dor

PMJP inaugura novas instalações do Centro de Reabilitação e Tratamento da Dor

dorA Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Saúde (SMS), oferece mais um serviço aos pacientes com dor crônica, com a inauguração das novas instalações do Centro de Reabilitação e Tratamento da Dor (Cendor), nesta quinta feira (1º). Com investimento de R$ 1,3 milhão, o novo equipamento será entregue pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, em solenidade que acontece às 9h no Complexo Hospitalar Mangabeira Tarcísio Burity (Ortotrauma). O evento faz parte do pacote de inaugurações que a PMJP elaborou em comemoração aos 428 anos da cidade.

Com a inauguração, o Cendor passa a contar com uma piscina terapêutica, aquecida por um sistema de aquecimento solar. A piscina associará as propriedades físicas da água aos efeitos fisiológicos do calor. Dentre os benefícios listados pela hidroterapia, estão: alívio da dor e de espasmos musculares, manutenção ou aumento da amplitude de movimento articular, fortalecimento muscular e treino de resistência, reeducação dos músculos paralisados, melhora na circulação e diminuição de edemas, manutenção e melhora do equilíbrio, postura e coordenação.

Para o secretário de Saúde, Adalberto Fulgêncio, o Cendor agrega, em um único espaço, tudo o que é necessário para quem sofre com dores crônicas. “Nosso objetivo, com mais este equipamento, é facilitar a vida do usuário, que contará com várias especialidades num mesmo lugar. Essa centralização beneficiará o paciente com dificuldade de locomoção”, disse.

Serviços – O projeto oferece atendimento com uma equipe multidisciplinar, formada por neurocirurgião, ortopedista, acupunturista, reumatologista, anestesiologista, quiropraxista, psicoterapeuta especializado em dor e enfermeiro. As especialidades são quiropraxia, pilates, RPG, osteopatia e fisioterapia.

Como funciona – O Centro de Reabilitação e Tratamento da Dor funciona como serviço regulado, ou seja, o paciente deve primeiro procurar uma Unidade de Saúde da Família (USF) para ser encaminhado pelo profissional responsável, de acordo com o diagnóstico.

Fonte: Assessoria