João Pessoa 27/05/2018 07:59Hs

Início » Notícias do Trânsito » Seis das 44 câmeras da Semob já estão aplicando multas na Capital

Seis das 44 câmeras da Semob já estão aplicando multas na Capital

A medida tem como base uma resolução do Contran, que regulamenta a fiscalização de trânsito por videomonitoramento

monitora-camera-3Seis das 44 câmeras da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) passaram a identificar os condutores infratores e já estão aplicadas multas na Capital.

De acordo com a Semob-JP, os equipamentos estão nos seguintes locais: Rua Maciel Pinheiro (Varadouro), Avenida General Osório (próximo ao Terminal de Integração), Avenida Dom Pedro II (próximo ao Mercado Central), Praça João Pessoa, Avenida Cruz das Armas (próximo à Feira de Oitizeiro) e na Avenida Josefa Taveira (próximo ao Mercado Público).

Estacionar formando fila dupla, além de prejudicar o fluxo dos veículos que estão transitando, podendo provocar congestionamento, impede a movimentação dos que estão estacionados de forma correta.  A infração é considerada grave, tendo como penalidade multa no valor de R$ 127,69 e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Além disso, o condutor irregular também pode ter o veículo rebocado.

É importante destacar que se observa este tipo de infração quando o condutor mantém o veículo imobilizado por qualquer outra finalidade que não seja estritamente para o embarque e desembarque de passageiros, inclusive ao realizar operação de carga e descarga, mesmo que ele permaneça no interior do veículo e com o motor ligado.

Além de estacionar em fila dupla, também estarão sendo fiscalizadas pelos agentes de mobilidade do Controle de Tráfego por Área (CTA), infrações como: estacionar no passeio, ficar em cima da faixa de pedestre, ocupando vagas especiais sem credencial e o uso do celular.

A medida tem como base uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de junho de 2015, que regulamenta a fiscalização de trânsito por videomonitoramento. Os agentes estarão autuando os condutores diretamente da central de monitoramento.

ClickPB