João Pessoa 26/09/2018 12:40Hs

Início » Câmara em foco » Tucanos não se entendem sobre aliança com Luciano Cartaxo

Tucanos não se entendem sobre aliança com Luciano Cartaxo

Ruy Carneiro e Lauremília Lucena colocaram a importância de um partido do porte do PSDB ter candidatura própria em João Pessoa, mas os argumentos dos lideres tucanos não convenceram os parlamentares

vereadores capitalOs vereadores tucanos de João Pessoa: Eliza Virginia, Luís Flávio e o atual secretário de Comunicação de João Pessoa, Marcos Vinícius, bateram de frente com o presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, durante reunião realizada na sede do partido, na manhã desta segunda-feira (15), ao continuarem defendendo tese dealiança com o prefeito Luciano Cartaxo (PSD), como melhor alternativa para o fortalecimento do partido.

Durante a reunião, Ruy Carneiro e a presidente municipal da legenda em João Pessoa, Lauremília Lucena, colocaram para os vereadores a importância de um partido do porte do PSDB ter candidatura própria em João Pessoa. Porém, os argumentos dos lideres tucanos não convenceram os parlamentares.

“Nós respeitamos a hierarquia partidária. Vamos ouvir o senador Cássio Cunha Lima, mas estamos convictos de que a aliança com o prefeito é o melhor caminho a ser seguido. Se for preciso vamos colocar as teses de aliança e de candidatura própria em votação para ser decidida pela militância”, declarou a Eliza Virginia.

A presidente do PSDB em João Pessoa, Lauremília Lucena, lembrou que sempre defendeu a tese de candidatura própria como a melhor alternativa de fortalecimento do partido. Segundo ela, esse era um posicionamento pessoal que foi oficializado durante a reunião com a direção estadual. “Acho que esse é o caminho a ser seguido, mas essa construção deve ser feita com muito diálogo e discussões internas”, avaliou Lauremília.

Já o presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, informou que a opinião dos vereadores tem peso nas decisões do partido, mas que é preciso analisar com bastante cautela o melhor caminho a ser seguido. “Eu reforcei a importância de termos candidatura própria para os vereadores e vou trabalhar para que possamos marchar unidos”, comentou o tucano.

Ruy disse ainda que os vereadores demonstraram preocupação com a composição da chapa proporcional. “É natural que eles (vereadores) tenham essa preocupação, mas vamos trabalhar de modo que todos os integrantes do partido possam sair fortalecidos deste processo eleitoral”, ressaltou.

Segundo ele, uma reunião com o senador Cássio Cunha Lima deve acontecer até a próxima segunda-feira (22). “A confirmação da data vai depender da agenda de Cássio”, arrematou Ruy.

Portal Correio