João Pessoa 17/08/2018 09:09Hs

Início » Últimas » Brasil não está imune à crise internacional

Brasil não está imune à crise internacional

O Fundo Monetário Internacional (FMI) alertou nesta quarta-feira que os mercados financeiros emergentes devem estar preparados para uma possível expansão da crise europeia ao restante do mundo.

“Os mercados asiáticos e latino-americanos sofrem um impacto menor dos choques procedentes da Europa, mas não são imunes”, afirmou José Viñals, diretor para temas financeiros do FMI, ao apresentar o relatório anual de estabilidade financeira.

O documento confirma que os principais riscos para a economia financeira persistem na zona do euro e que os principais bancos da região poderiam registrar uma contração de seu valor de até US$ 2,8 trilhões até o fim de 2013.

O FMI destaca que países como Brasil e Índia estão entrando em um ciclo de crédito bancário com maiores riscos, por causa da expansão dos últimos anos. Nas principais cidades brasileiras, os imóveis registraram uma valorização de até 100% desde 2007. No entanto, o índice de inadimplência nos bancos brasileiros ficou em 7,8% do total da carteira de empréstimos em junho, adverte o FMI.