João Pessoa 19/06/2018 10:13Hs

Início » Últimas » PF decide encerrar greve na Paraíba em busca de diálogo com o Governo

PF decide encerrar greve na Paraíba em busca de diálogo com o Governo

Em uma assembleia realizada na manhã desta segunda-feira (15), o Sindicato dos Policiais Federais no Estado da Paraíba decidiu pelo término da paralisação após mais de dois meses em greve. Na última sexta-feira (12), o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Marcus Wink, orientou os sindicatos estaduais a encerrarem a paralisação.

O retorno total às atividades dos agentes, escrivães e peritos especializados da PF foi definido seguindo orientação da Federação Nacional dos Policiais Federais (FENAPEF) e após declaração do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, de que a presidente Dilma Rousseff somente negociaria com os grevistas depois que eles voltassem ao trabalho.

De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Policiais Federais da Paraíba (SINPEF/PB), Tércio Fagundes, apesar dos 67 dias de paralisação, as reivindicações salariais, reestruturação de carreira e melhores condições de trabalho não foram atendidas, mas ele acredita que a promessa de diálogo com a presidente será cumprida.

“Retomaremos nosso trabalho, mas frisamos que, caso não haja nenhum acordo, voltaremos com a greve. Por enquanto, todos os setores retomarão os seus serviços, tanto de atendimento quanto de investigação”, disse o agente e vice-presidente da SINPEF/PB.

Reivindicações
Os policiais federais da Paraíba estiveram em greve por 67 dias e reivindicavam melhorias salariais e pela reestruturação da carreira. Tércio considera que o movimento foi satisfatório, mesmo sem que as reivindicações terem sido atendidas pelo governo federal.