João Pessoa 27/05/2018 07:47Hs

Início » Últimas » PF prendeu 102 funcionários públicos em 2012

PF prendeu 102 funcionários públicos em 2012

A Polícia Federal divulgou em seu site o balanço das ações realizadas por seus agentes em 2012. Até o dia 21 de dezembro, em todo o país, foram efetuadas 287 operações, que resultaram em 1.584 prisões.

Deste total, 102 detenções foram de funcionários públicos flagrados em atos ilícitos. A operação com maior número de servidores presos no ano foi a Squadre, na Paraíba. A ação da PF tinha o objetivo de desarticular grupos de milicianos, compostos por integrantes de forças policiais locais e particulares, que atuavam em todo o Estado.

Os membros do grupo flagrado realizavam segurança privada clandestina com emprego de mão de obra não-habilitada, despreparada e portando armamentos ilegalmente. Além dos servidores, outras 18 pessoas foram presas na operação.

A segunda ação de policiais federais com maior número de funcionários públicos presos foi a Salmo 96:12, em Roraima, que desbaratou uma quadrilha formada por servidores do IBAMA, INCRA e outros órgãos públicos estaduais, além de madeireiros e “laranjas” falsificavam documentos para autorização de desmatamento. A organização criminosa é responsável pelo aumento em 363% do desmatamento no Estado entre os anos 2011 e 2012. No total, foram 18 presos.

A operação Viúva, em SP, foi a que teve o maior número de presos, mas nenhum servidor público. A ação foi voltada à repressão e combate aos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro nas cidades de São José dos Campos, Jacareí, Lorena e São Paulo. No total, 59 pessoas foram presas.

Rede TV