João Pessoa 27/05/2018 17:47Hs

Início » Últimas » Prefeito eleito de João Pessoa anuncia novos nomes hoje; 20 secretarias ainda faltam ser divulgadas

Prefeito eleito de João Pessoa anuncia novos nomes hoje; 20 secretarias ainda faltam ser divulgadas

O prefeito diplomado de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), anuncia hoje mais alguns nomes do secretariado e tentará concluir todas as indicações até o próximo dia 20. “Amanhã (hoje), vou definir mais alguns nomes”, disse, acrescentando que o critério de divulgação será o mesmo da primeira etapa. Sua assessoria vai enviar emails para os veículos de comunicação com os nomes e os respectivos cargos antes do meio dia.

Anteontem, ele disse que estava ouvindo os partidos aliados e alguns segmentos da sociedade sobre os nomes, que já estão definidos desde o final da tarde de ontem. “A competência profissional, a confiança e a disposição para o trabalho pela cidade de João Pessoa são questões essenciais no processo de escolha dos futuros secretários municipais”, fez questão de repetir o prefeito diplomado.

Luciano Cartaxo admitiu ser possível aproveitar um vereador no secretariado. Mas preferiu não citar o nome do cotado. “Preciso ter zelo e prudência em relação à composição do secretariado. Até o próximo dia 20, teremos a equipe pronta e é possível que um vereador figure no secretariado”, comentou o prefeito diplomado em conversa reservada com alguns jornalistas, anteontem á tarde, no salão nobre da Assembleia Legislativa da Paraíba.

Ele disse que todos os partidos serão contemplados no secretariado. A prioridade é para os partidos que o apoiaram no primeiro turno das eleições municipais: PR, PP, PRB e PPS. Mas também serão contemplados os partidos que se acostaram ao seu projeto no segundo turno: PMDB, PTB, PDT e PSC.

“Esses partidos se incorporaram e também serão contemplados na gestão”, declarou, esclarecendo: “Não vamos fazer um governo de partidos, mas de pessoas”. Cartaxo disse que está focado na montagem do Governo e tem uma linha e critérios. “Portanto, não vou fugir disso”, frisou.

Pb Agora