João Pessoa 17/08/2018 23:20Hs

Início » Últimas » Rebelião na cadeia pública de Bayeux: apenados aguardam comissão para discutir pacificação

Rebelião na cadeia pública de Bayeux: apenados aguardam comissão para discutir pacificação

Um princípio de rebelião na cadeira pública de Bayeux foi contida na manhã desta segunda-feira (22). Os apenados tentaram destruir as grades da cadeia, mas a Polícia foi acionada a tempo de conter a rebelião. Contudo os apenados exigiram a presença da juíza da comarca, doutora Conceição, o comandante da Companhia de Bayeux, capitão Magno, e um representante da Secretaria de Administração Penitenciária.

 

Os presos estavam descontentes porque a cadeia passa por reforma e algumas ‘regalias’ haviam sido suspensas como televisão e o uso de eletroeletrônicos. Os apenados também reclamam de superlotação na cadeia.

 

Estão no local policiais da Companhia de Bayeux e do 7º Batalhão, cerca de 35 PM, que estão negociando com os 84 apenados que ensaiaram o principio de rebelião.

 

No momento os ânimos estão calmos e a cadeia aparenta tranquilidade. O curioso é que o presídio está passando por uma reforma e nenhum apenado foi transferido em função da reforma.

 

Os apenados elegeram uma comissão de quatro presos para discutir com os representantes públicos. Também foi chamado o Samu porque alguns apenados passaram mal no momento da rebelião.

Paulo Dantas/Washignton Luis