João Pessoa 23/05/2018 18:29Hs

Início » Variedades » Botafogo-PB perde em casa de virada pode acabar a rodada fora do G4 na Série C

Botafogo-PB perde em casa de virada pode acabar a rodada fora do G4 na Série C

O domingo não foi dos melhores para as mães botafoguenses. Pela quinta rodada do Grupo A da Série C, o Botafogo-PB foi derrotado de virada por 3 a 1 para o Remo, em pleno estádio Almeidão.

Com a derrota, o Belo se manteve na quarta colocação do Grupo A, com 7 pontos, mas pode deixar o G4 caso a Santa Cruz vença o Globo-RN nesta segunda-feira (14), no fechamento da quinta rodada.

O Remo também chega aos 7 pontos, e fica na quinta posição. Na próxima rodada o time do Pará vai receber o Confiança-SE. Já o Botafogo-PB vai tentar se recuperar enfrentando o Santa Cruz, no próximo sábado (18), no Arruda, em Recife.

O jogo

A partida começou com o Belo indo para cima, se aproveitando da má fase vivida pelo adversário. E conseguiu armar uma boa trama aos 4 minutos, quando Marcos Aurélio recebeu no meio, na entrada da área, e tocou de cavadinha para Carlos Renato, que invadiu a área e chutou de pé esquerdo, mas Vinicius fez boa defesa.

No lance seguinte, a resposta paraense. Em cobrança de falta da entrada da área, Everton bateu de pé esquerdo, por baixo da barreira. Saulo espalmou e depois a defesa afastou o perigo.

Também em cobrança de falta, desta vez o Belo que quase marca. Do meio da rua, Marcos Aurélio soltou a bomba de pé direito, no ângulo do arqueiro paraense, que se esticou todo e fez uma defesaça para evitar o que seria um golaço.

Com o pé calibradíssimo, o camisa 10 botafoguense bateu nova falta da meio esquerda. A bola bateu na junção da trave e do travessão esquerdo de Vinícius, e na sobra, Mário Sérgio cabeceou para abrir o placar no Almeidão, aos 27 minutos.

Empolgado, aos 30, o Botafogo-PB chegou com Allan Dias pela direita. O meio campista cruzou para a área, onde Dico entrava livre de marcação, mas o baixinho pegou de canela na bola, e desperdiçou uma grande oportunidade de ampliar o marcador.

Aos 39 minutos, a defesa do Belo cochilou após cobrança de escanteio, Mimica subiu livre e cabeceou a bola para empatar o jogo.

Segundo tempo

Depois do intervalo foi correria para todo lado. As duas equipes queriam ficar a frente do marcador, e o ritmo era bastante intenso.

Aos 9 minutos, Marcos Aurélio encontrou Mário Sérgio passando por trás da defesa. O atacante invadiu a área e tocou na saída de Vinícius, que fechou o ângulo e mandou para escanteio.

Dois minutos depois, o Belo assustou de novo em uma subida de Allan Dias pela direita. Ele tocou a bola com precisão para o meio da área, mas Mário Sérgio não conseguiu chegar a tempo de encostar nela.

O Botafogo-PB pressionava, mas quem marcou foi o Remo. Aos 20 minutos, Isac cobrou lateral rapidamente, a defesa estava desatenta à bola que veio da esquerda, e Jayme aproveitou para escorar e marcar o gol da virada.

A noite não era das melhores para a retaguarda botafoguense. Aos 33, Isac subiu livre após cobrança de falta e Saulo fez uma defesaça, no canto esquerdo rasteiro. Mas, no rebote, Gabriel Lima apareceu sozinho e mandou de cabeça para o fundo da rede, marcando o terceiro gol dos paraenses.

O time da Maravilha do Contorno sentiu os gols tomados e não conseguiu reagir. Perto do fim da partida, a torcida entoou cânticos criticando a diretoria.

Antes do apito final, Rafael Jataí fez falta dura em Everton perto da linha lateral, recebeu o segundo amarelo e foi para o chuveiro mais cedo. As informações são do blog Voz da Torcida.

ParaíbaJá