João Pessoa 18/06/2018 23:22Hs

Início » Chamadaum » Emendas de Cássio priorizam estrutura urbana, saúde e educação

Emendas de Cássio priorizam estrutura urbana, saúde e educação

Com o término do prazo para apresentação de emendas ao Orçamento Geral da União por parte dos parlamentares, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) destacou no que diz respeito às suas emendas, que priorizou a saúde, educação e infraestrutura urbana nas quais procurou beneficiar o maior número possível de paraibanos.

Cada senador tem o direito de apresentar emendas que totalizam 15 milhões de reais e Cássio destacou que a sua atenção sempre será para ações que priorizam a melhoria das condições de vida da população. A relação das emendas individuais do senador paraibano ao Orçamento 2013 foram as seguintes.

Emenda no valor de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) para ampliação, construção ou aquisição de equipamentos para o setor de saúde do Estado, beneficiando especificamente os hospitais Napoleão Laureano, Padre Zé e Fundação Helena Holanda em João Pessoa e a Fundação Assistencial da Paraíba-FAP e Hospital Pedro I, em Campina Grande.

O senador lembrou que estas importantes entidades filantrópicas atendem paraibanos de todas as cidades do Estado e prestam um serviço de extrema relevância para toda a comunidade paraibana e de grande suporte à rede pública de saúde.

Ainda no item saúde também estão disponibilizadas emendas de quinhentos mil reais para aquisição de equipamentos hospitalares para Cabedelo e quatrocentos mil reais para São Bento.

Cássio destinou um milhão de reais para aquisição de equipamento veicular pesado para setor para o desenvolvimento sustentável do setor agrícola de Cajazeiras.

No que diz respeito à infraestrutura urbana, o senador Cássio Cunha Lima apresentou emendas para Campina Grande (dois milhões de reais); Conceição (setecentos mil reais); Guarabira (um milhão de reais); Monteiro (setecentos mil reais); Nova Olinda (trezentos mil reais); Patos (quinhentos mil reais); Piancó (trezentos mil reais); Queimadas (setecentos mil reais); Riachão (trezentos mil reais); Salgadinho (trezentos mil reais); Santa Luzia (quinhentos mil reais); Santa Rita (setecentos e cinquenta mil reais); Sapé (quinhentos mil reais) e João Pessoa (um milhão de reais).

O Departamento de Polícia Rodoviária Federal da Paraíba solicitou aos parlamentares paraibanos apoio para aquisição de veículos especiais para utilização com o objetivo de melhorar a atuação da PRF no Estado e no caso de Cássio foi apresentada uma emenda de duzentos mil reais. O senador também apresentou emenda de duzentos e cinquenta mil reais, para a construção da nova sede da Capitania dos Portos da Paraíba, em Cabedelo, que terá acesso direto ao mar pela praia fluvial do Jacaré e que proporcionará melhor qualidade e rapidez no atendimento à Comunidade Aquaviária.

Também foi apresentada por Cássio, emenda de cem mil reais para auxílio na prevenção e repressão a violência contra as mulheres, através da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana e mais cem mil reais para o Centro Cultural Piollin.

No que diz respeito à educação superior, o senador apresentou três emendas que totalizaram novecentos mil reais para distribuição igualitária, trezentos mil para cada uma, entre a Universidade Estadual da Paraíba a Universidade Federal da Paraíba e a Universidade Federal de Campina Grande.

Cássio lamenta que os reduzidos valores não sejam suficientes para atender as justas reivindicações e necessidades de todos os municípios paraibanos. Após o período eleitoral, o senador recebeu vários prefeitos eleitos e reeleitos no último pleito e constatou a dependência cada vez maior das cidades e do próprio Estado de verbas e convênios oriundos do Governo Federal, “numa verdadeira inversão de papéis onde cada vez mais estados e municípios dependem da boa vontade do poder central para desenvolver as suas administrações”.

O senador lembrou que o seu gabinete permanece à disposição de todos os municípios paraibanos independente de embates políticos, “a bancada paraibana tem mostrado resultados e dando sinais de amadurecimento ao deixar cada vez mais para as épocas de eleições as disputas políticas”. Ele disse ainda que a nova batalha é para a liberação destes recursos e cobrar cada vez mais do Governo Federal o pagamento da dívida que tem com o nosso estado que é dotar a Paraíba de um investimento estruturante que permita diminuir a dependência de recursos federais para o nosso desenvolvimento.

Fonte: Assessoria