João Pessoa 21/07/2018 13:47Hs

Início » Variedades » Jovem que matou ex durante o ato sexual pode entrar em liberdade

Jovem que matou ex durante o ato sexual pode entrar em liberdade

A justiça está pedindo exame psiquiátrico para decidir o caso

jovem Vânia Basílio Rocha, de 21 anos, que cumpre pena no presídio feminino de Vilhena (RO), após matar o namorado durante o ato sexual, passará por valiação médica para verificar a saúde mental e periculosidade antes de ser posta em liberdade.

Esta foi a condição imposta pelo poder judiciário, para que a presa possa progredir para o regime semiaberto. Em 2016, Vânia fez exame de sanidade mental e o laudo apontou que ela é sociopata – pessoa com transtorno de personalidade antissocial.

A jovem foi condenada a 8 anos e 4 meses de prisão por matar o ex-namorado a facadas durante o ato sexual, dentro da casa dele. Antes do assassinato, a jovem chegou a escrever um post no Facebook, afirmando não ter sido uma má namorada.

De acordo com o ‘G1’, Vania está presa desde dezembro de 2015 e foi condenada por homicídio qualificado. Nesses casos, o preso deve cumprir 2/5 da pena no regime fechado, o que daria mais de três anos na situação de Vania. Porém, além de bom comportamento, Vania realiza atividades de remição de pena, como estudo e artesanato.

Justiça ao Minuto