João Pessoa 22/05/2018 15:25Hs

Início » Variedades » Netinho diz que vereador vai ‘abrir o jogo’ sobre anulação de sessão que cassou Reginaldo e alerta sobre perda de mandato

Netinho diz que vereador vai ‘abrir o jogo’ sobre anulação de sessão que cassou Reginaldo e alerta sobre perda de mandato

Netinho abrir jogoAs reviravoltas na política de Santa Rita continuam e o atual prefeito Netinho (PR) afirmou de Várzea Nova que a sessão que anulou a anterior que cassou o ex-prefeito Reginaldo Pereira (PRB) foi permeada de ‘coisas obscuras’ e revelou que tem um vereador que votou a favor da anulação que já o procurou para ‘abrir o jogo’ sobre o que está acontecendo.

Em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação, Netinho afirmou que a Câmara de Santa Rita precisa dar uma explicação à população da cidade. “Como muda de opinião tão rápido. Ooito meses atrás houve a investigação e o afastamento do então prefeito e esses mesmos vereadores chegaram a dizer palavras que nem poso repetir e de uma hora para a outra o coração amoleceu tanto que passaram a ser apaixonados por Reginaldo”, diz.

Netinho afirmou que a população tem tomar conhecimento e o Ministério Público tem que investigar. Ele revelou ainda que um dos vereadores que votou a favor de Reginaldo na sessão de ontem já entrou em contato e ‘está disposto a abrir o jogo’. O prefeito afirmou que colocaria a procuradoria jurídica à disposição para que esse vereador vá ao Ministério Público ‘dizer o que está acontecendo’.

Para Netinho, o que houve foi falsidade ideolgógica. “Quando assina uma ata e faz toda uma aberração legislativa… foi quase nove meses esse afastamento”, explica. Netinho afirmou também que a ata daquela sessão está no Supremo Tribunal de Justiça através do Ministro Felix Fischer e serve como base para a defesa dele no Tribunal de Justiça da Paraíba.

“Não se pode brincar de legislar. Não existe isso. Ontem Santa Rita serviu de chacota para a Paraíba e para o Brasil como a cidade que bota e tira prefeito ao bel prazer dos vereadores. Isse merece uma explicação e com certeza depois de apurada a fundo vão perder o mandato”, conclui.

Reginaldo foi empossado na tarde desta terça (16), após quase 9 meses afastado. A explicação da Câmara foi que por problemas no trâmite nas comissões, a sessão que cassou o mandato de Reginaldo deveria ser anulada. Netinho recorreu à justiça que por volta das 22h emitiu uma liminar recolocando Netinho a frente da Prefeitura. Hoje pela manhã, o assessor de Reginaldo já afirmou que o judiciário não tem poderes para questionar o legislativo e que até o final da tarde Reginaldo deveria voltar à prefeitura.

Marília Domingues / Anderson Soares