João Pessoa 16/11/2018

Início » Policial » VÍDEO: IPC afirma que enterro de vereadora no quintal não é aconselhável e pode caracterizar até crime

VÍDEO: IPC afirma que enterro de vereadora no quintal não é aconselhável e pode caracterizar até crime

Amanda Patrício Ribeiro, de 46 anos, faleceu em decorrência de uma grave doença nos rins

A vereadora da cidade de Nazarezinho, Amanda Patrício Ribeiro, de 46 anos, faleceu no sábado (22) após sofrer uma falência múltipla de órgãos, em decorrência de uma grave doença nos rins.

O fato curioso é que a parlamentar tinha o desejo de ser enterrada no quintal de sua casa, na pequena cidade do Sertão do estado. Após a morte, os familiares de Amanda realizaram seu desejo.

Apesar do sepultamento “incomum”, o Instituto de Polícia Científica da Paraíba (IPC-PB) afirmou que a prática não é aconselhável e pode ser caracterizada como crime de ocultação e vilipêndio de cadáver, previsto no artigo 211º do Código Processual Penal Brasileiro.

O prefeito da cidade de Nazarezinho, Salvan Mendes (PR), comentou sobre a morte da vereadora. “É uma pena. Apesar dela ser de um partido de oposição, as diferenças ficam apenas no campo político. Uma lástima”, disse.

6h44

Diário do Sertão