​Manoel Júnior defende reunião do MDB para reafirmar pacto das oposições

“A reunião de amanhã não é contra ninguém, muito menos contra o nosso senador e presidente da legenda José Maranhão; se assim alguém entendeu, entendeu de forma equivocada”, disse Manoel Junior (Foto: Walla Santos)

O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (MDB), disse nesta terça-feira (09) que a reunião da executiva municipal do partido marcada para esta quarta-feira (10) tem como objetivo principal reafirmar o compromisso de marchar com o candidato das oposições melhor situado no processo eleitoral. Manoel Júnior disse que a reunião não foi convocada para atingir ninguém.

“A reunião de amanhã não é contra ninguém, muito menos contra o nosso senador e presidente da legenda José Maranhão; se assim alguém entendeu, entendeu de forma equivocada”, disse, afirmando que o senador José Maranhão é um dos homens mais experientes da política paraibana e defendendo sua ideia de tentar direcionar o partido e evitar sua divisão.

Manoel Júnior voltou a dizer que existe um pacto de que o candidato melhor situado nas pesquisas seria o candidato da oposição ao Governo do Estado. Esse pacto teria sido acordado de forma tácita, teria ocorrido pelos posicionamentos individuais das lideranças que integram as oposições. “Não só as conversas individuais, mas as conversas públicas, do prefeito Luciano Cartaxo, de que quem estivesse melhor nas pesquisas seria o candidato; do mesmo jeito o prefeito Romero Rodrigues, o senador Cássio era pré-candidato depois disse que a tendência dele era a reeleição para o Senado, enfim”, disse, em entrevista ao Sistema Correio de Comunicação.

Manoel Júnior também respondeu a declaração do senador José Maranhão de que o diretório municipal de João Pessoa não tinha sido renovado em outubro do ano passado e reafirmou a legitimidade do diretório, explicando que o MDB de João Pessoa passa por uma reformulação, por meio de um recadastramento dos filiados.

ClickPB