130 pessoas foram presas durante os festejos juninos na Paraíba - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

130 pessoas foram presas durante os festejos juninos na Paraíba

mais um presoA Polícia Militar conduziu 130 pessoas até a delegacia, entre as 18h da última sexta-feira (20) e 0h desta quarta-feira (25), sob a acusação de 15 crimes ou contravenções registradas em 32 cidades paraibanas. No período, mais de 7 mil policiais militares reforçaram o policiamento ostensivo para garantir a segurança dos festejos de São João na Paraíba. Nas áreas dos eventos não foram registradas ocorrências de maior gravidade.

Leia mais Notícias do Portal Correio

O balanço final do período mostra ainda que 11 armas de fogo foram retiradas de circulação, 11 veículos roubados foram recuperados e apreendidos 57 papelotes de maconha e 114 pedras de crack.

Os suspeitos detidos foram conduzidos até a delegacia por roubo (25), crimes contra a vida – consumado ou tentado – (21), violência doméstica (15), agressão física (14), tráfico de drogas (12), ameaça (11), desacato (6), porte ilegal de arma (5), receptação (5), embriaguez e desordem (5), por força de mandado de prisão (3), lesão corporal (3), estupro (2), estelionato (2) e um por dano.

O coordenador de comunicação social e marketing da Polícia Militar, major Cristóvão Lucas, adiantou que o policiamento segue intensificado nas cidades que continuam com os festejos juninos. “Temos Campina Grande que continua os festejos, com atrações regionais nos bairros com o circuito do forró e shows no Parque do Povo, e nos próximos dias, assim como na cidade, vários municípios vão iniciar as comemorações de São Pedro, então o policiamento nesses locais continua reforçado para garantir a tranquilidade em todos os eventos realizados neste mês de junho na Paraíba”, destacou.

Cidades que registraram ocorrências – João Pessoa (44); Campina Grande (15); Guarabira (10); Bayeux (8); Patos (7); Sousa (5); Itaporanga (5); Monteiro (4); Santa Rita (3); Cajazeiras (3); Sertãozinho (2); Cabedelo (2); Mamanguape (2); Solânea (2); Queimadas (1); Alhandra (1); Alagoa Grande (1); Mogeiro (1); Nova Floresta (1); Tacima (1); Soledade (1); Esperança (1); Boqueirão (1); Gurinhém (1); Santana dos Garrotes (1); Malta (1); Caraúbas (1); Damião (1); Pedra Branca (1); Dona Inês (1); Conde (1) e Juripiranga (1).

Operação na Capital – A Polícia Civil trabalhou com 80 delegados, agentes de investigação e escrivães, reforçando os plantões da 12ª Delegacia Distrital, no bairro de Manaíra, e da 9ª Delegacia Distrital, em Mangabeira. As 10ª DD e Delegacia de Atendimento ao Turista (Deatur), ambas em Tambaú, ficaram abertas para registro de ocorrências, além das delegacias especializadas de Crimes contra a Pessoa (Homicídios); Repressão a Entorpecentes; Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos); de Atendimento a Mulher; do Menor e Roubos e Furtos de Veículos e Cargas que ficaram abertas em regime de plantão.

O Corpo de Bombeiros disponibilizou postos avançados de Auto Bomba no Busto de Tamandaré e no terminal de combustíveis de Cabedelo. Foram intensificadas também as ações em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas BR-230 e 101, e ainda em postos nos litorais Sul e Norte

Portal Correio