Detento estava escondido perto do hospital de onde fugiu, em Campina Grande - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Detento estava escondido perto do hospital de onde fugiu, em Campina Grande

detento escondidoO segundo detento, dos três que fugiram nessa segunda-feira (27) do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, foi recapturado na madrugada desta quarta-feira (29) dentro de uma residência situada nas imediações da unidade hospitalar, no bairro das Malvinas. Natanael Pereira dos Santos, 28 anos, que cumpre por assalto, passou por uma cirurgia e está custodiado na casa de saúde.

De acordo com o tenente-coronel, Souza Neto, comandante 2º Batalhão de Polícia Militar, o sargento Almeida recebeu uma informação sobre a possível localização do apenado. Foi averiguar a denúncia e conseguiu prender o fugitivo.

– Acreditamos que a residência onde ele estava escondido após a fuga, seja de um parente dele. O detento estava sozinho e não resistiu a prisão. A casa fica nas imediações do hospital de onde eles fugiram – disse Souza Neto, acrescentando que a  polícia continua em diligência para prender o terceiro fugitivo.

Natanael está custodiado no hospital Foto: Natanael está custodiado no hospital
Créditos: Divulgação/ Ten.Cel Souza Neto

Nessa terça-feira (28), o detento Cláudio Ramos da Silva, 47 anos, foi recapturado no bairro da Prata, em Campina Grande. O fugitivo foi preso depois de um cabo da Polícia Militar reconhecê-lo.

O comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar garantiu que os dois policiais plantonistas, um sargento e um soldado, teriam cochilado e não perceberam quando os detentos improvisaram uma “vara” feita de tecido e conseguiram alcançar as chaves que estavam em um balcão. Os militares vão responder por crime as esferas militar e civil. Uma arma foi levada pelos presos.

– Os policiais estão presos na sede do 2º Batalhão e vão responder pelo ato, que foi de infração grave na esfera militar. Um processo civil também eles serão enquadrados – adiantou Souza Neto.

Portal Correio