'A regra do jogo': Tóia e Adisabeba brigam depois da morte de Djanira.

‘A regra do jogo’: Tóia e Adisabeba brigam depois da morte de Djanira.

tóia dalvarinaEm “A regra do jogo”, Adisabeba (Susana Vieira) acompanha Tóia (Vanessa Giácomo) até em casa para ajudar a jovem a arrumar o corpo de Djanira (Cassia Kis). “Tem um vestido que minha mãezinha adorava muito. Eu vou achar. Ela vai… vai gostar de ser enterrada com ele”, diz Tóia. Adisabeba fala que já cuidou de tudo e a jovem chora: “Eu tenho que fazer alguma coisa… Eu… Eu não vou conseguir viver sem ela… Não vou… Nunca vou me perdoar por ter falado aquelas coisas pra ela… Agora minha mãe tá morta, eu não posso mais me desculpar…!”.

Adisabeba tenta acalmar a menina: “Você tá passando pelo momento mais difícil da sua vida. Você não pode se desesperar e colocar tudo a perder”. “Eu já perdi tudo! Eu não tenho mais nada na minha vida!”, chora Tóia. As duas, no entanto, discutem quando a dona da Macaca diz que apesar da perda da mãe, Tóia ainda tem Juliano (Cauã Reymond). “Não! Isso tudo acabou. Eu vou embora daqui, desse morro, dessa vida. Chega de desgraça. Eu esperei anos pelo amor da minha vida sair da cadeia e pra quê? Pra descobrir que ele é um bandido? Que o pai dele matou o meu pai? Que minha mãe de criação escondeu isso de mim a vida toda? E agora ela tá morta! O que me resta? Ficar aqui e levar um tiro também? Eu vou embora!”, diz ela, que vai morar na casa de Romero (Alexandre Nero).

Adisabeba tenta demover essa ideia de Tóia e fala que Juliano a ama. A jovem se recusa a continua a conversa quando a patroa fala ainda em Zé Maria (Tony Ramos). “Não fala mais o nome desse homem pra mim! Chega! Se a senhora ficar defendendo esses bandidos eu vou te pedir pra sair daqui. Por favor, respeita a minha dor!”, se aborrece Tóia. “Tá bom, minha filha. Eu não vou falar mais nada. Vem cá, eu sei como você deve tar se sentindo…”, fala ela, que abraça a garota.

Extra Online