Ação contra RC entra em fase de alegações finais e deve ser julgada em breve no TRE

tre -pbO desembargador José Aurélio da Cruz, corregedor do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), deu um prazo de dois dias para o Ministério Público Eleitoral (MPE) e as partes envolvidas na ação que pede a cassação do governador Ricardo Coutinho (PSB) manifestem suas alegações finais.

Após isso, o processo já estará pronto para ser colocado na pauta de julgamento da Corte Eleitoral.

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) que pede a cassação do governador foi interposta pela coligação ‘ A vontade do povo’ que o acusa de conduta vedada por suposto uso da máquina administrativa em período eleitoral.

A coligação, que teve o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) como candidato a governador, alega que Ricardo concedeu benefícios fiscais com fins eleitoreiros, a exemplo da renúncia do crédito tributário relativo ao IPVA para que proprietários de motocicletas de até 150 cilindradas pudessem ter perdão de suas dívidas junto ao erário estadual.

Blog do Gordinho