Acusado de matar segurança Fábio Alves é preso após confronto com polícia

Uma operação da Polícia Civil conseguiu prender Walafe Gomes de Lima, de 25 anos, na tarde deste domingo (29), em Mandacaru. Ele é o principal acusado de ter assassinado a tiros o vigilante Fábio Alves de Lima, em frente a uma escola no Bairro dos Estados.

O criminoso e outros comparsas chegaram a trocar tiros com os policiais e acabou sendo baleado duas vezes. Ferido, Walafe acabou sendo encaminhado para o Hospital de Trauma pela própria polícia, onde se encontra recebendo cuidados e já está à disposição da Justiça.

Dezenas de policiais participaram da operação, que continua acontecendo em Mandacaru e as autoridades tentam encontrar os parceiros de Walafe, que é conhecido pelo vulgo de “Esquerdinha”. Circula pelas redes sociais um vídeo onde mostra, supostamente, a chegada do criminoso no Hospital de Trauma.

Relembre o caso

O segurança foi baleado na cabeça na manhã do dia 1 de setembro em frente a uma escola particular no bairro dos Estados, em João Pessoa, onde a vítima trabalhava.

Fábio observou que uma mãe de estudante do estabelecimento estava sendo assaltada por uma dupla de moto quando ela parava o carro e deixava o filho na escola. Ele reagiu e ainda conseguiu imobilizar um dos criminosos.

No entanto, após luta corporal o criminoso atirou contra o segurança, foi atingido na cabeça e socorrido pelo Samu em estado gravíssimo para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde morreu posteriormente.

Wscom