Agenda: CMJP vai tratar de meio ambiente, escotismo nas escolas e concederá três honrarias - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Agenda: CMJP vai tratar de meio ambiente, escotismo nas escolas e concederá três honrarias

Audiência Pública Violência Crianca s15   05  2013 005Uma audiência pública, uma sessão especial e uma sessão solene vão movimentar o período de 24 a 28 de junho na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), de acordo com a Agenda da Semana, divulgada pelo Setor de Cerimonial da Casa. Todas os eventos acontecerão no Plenário Senador Humberto Lucena.

Na terça-feira (25), às 11h, durante audiência pública, os vereadores Raoni Mendes (PDT), Eliza Virgínia (PSDB) e Renato Martins (PSB) vão discutir as questões ambientais e os respectivos projetos relacionados ao tema. Na ocasião, o programa de rádio “Espaço Ecológico” e seu coordenador, Glauberto Freire de Santana, vão receber da Casa Napoleão Laureano a Comenda Lauro Pires Xavier.

A Comenda, que recebe o nome do ambientalista Lauro Pires Xavier, em homenagem pelos seus serviços prestados à preservação dos ecossistemas e das belezas naturais do Nordeste Brasileiro, foi instituída em 13 de abril de 2005 para homenagear entidades, órgãos públicos, ONGs e personalidades que se destacam por ações em defesa da natureza.

Programa Espaço Ecológico poder ser acompanhado pela internet

O programa de rádio Espaço Ecológico completa 9 anos levando ao ar mensagens educativas, prestação de serviço, dicas e poesias sobre ecologia, crônicas e entrevistas com pessoas ligadas ao meio ambiente. Além disso, veicula várias campanhas em defesa do meio ambiente, a exemplo da Mata do Buraquinho – que é uma reserva urbana de mata atlântica, dentro de João Pessoa, com mais de 500 hectares; projeto Tartarugas Urbanas, da ONG Guajiru, combate às drogas. Ainda realiza campanhas educativas despertando a população para realizar a coleta seletiva e economizar energia elétrica e água.

O programa Espaço Ecológico vai ao ar na Tabajara FM – 105.5 – todos os sábados, das 7h30 às 8h30 e na CBN – 1230 AM – das 9h às 10h. O Programa também pode ser escutado ao vivo pelo link http://www.paraiba.pb.gov.br/tabajara-fm e acessado pela internet, através do site wwww.espacoecologiconoar.com.br.

Projeto vai propor que o ensino do escotismo nas escolas

No dia 26, quarta-feira, às 15h, o vereador João Almeida (PMDB), durante sessão especial, pretende discutir a elaboração do projeto que torna obrigatório o ensino pedagógico da doutrina do escotismo nas escolas públicas do município.

Sob o número 11.765/2009 a Lei Escotismo nas Escolas, proposta pelo vereador Felipe Leitão (PP), tem como objetivo estimular o desenvolvimento do protagonismo juvenil nas escolas da rede pública municipal de ensino e melhorar a capacitação dos adultos voluntários. A Lei foi sancionada pelo então prefeito da Capital, Ricardo Coutinho (PSB), em novembro do mesmo ano.

O escotismo é um movimento educacional para jovens, com a colaboração de adultos, que valoriza a participação de pessoas de todas as origens sociais, raças e crenças, oferecido a milhares de jovens, graças ao trabalho voluntário desses adultos que se preocupam com a construção de um mundo melhor.

A lei que foi proposta pelo vereador Felipe Leitão (PP) propõe beneficiar crianças e jovens de João Pessoa, garantindo a aquisição de material de apoio e espaço para o desenvolvimento das atividades dos escoteiros dentro das escolas. De acordo com a lei sancionada o “Escotismo nas Escolas” é uma atividade extracurricular, de participação voluntária, e com realização de atividades aos sábados, domingos e feriados.

CMJP concede Título de Cidadão Pessoense ao presidente do TRE-PB

A sessão solene da semana acontece na quinta-feira (27), às 16h. Uma propositura do vereador Fernando Milanez (PMDB), que vai outorgar o Título de Cidadão Pessoense ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), o desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque.

O Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque é natural de Mamanguape, interior da Paraíba, e se formou pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Iniciou a carreira de advogado como procurador da Arquidiocese da Paraíba. Antes de ingressar na Magistratura, foi Promotor de Justiça, nomeado em 1981. Ingressou no Judiciário em 1983, como juiz na comarca de Belém, também no interior paraibano. Passou pelas comarcas de Mamanguape, Campina Grande e João Pessoa. Em todas elas foi juiz eleitoral, tendo sido juiz coordenador da propaganda eleitoral nos dois maiores colégios eleitorais do Estado.

Em João Pessoa e em Campina Grande, ele foi membro e presidente da Turma Recursal do Juizado Especial Cível, além de ser juiz substituto e titular do TRE-PB, por dois biênios, com início no ano de 2000. Exerceu o Cargo de Corregedor Regional Eleitoral, por três anos consecutivos. Foi juiz diretor do Fórum Cível da Capital. Como juiz titular da 2ª Vara da Fazenda Pública da Capital, foi convocado por diversas vezes para substituir o desembargador no Tribunal de Justiça, integrando as Câmaras Cíveis, a Criminal e o Tribunal Pleno. Promovido, por merecimento, ao cargo de desembargador, tomou posse no dia 11 de abril de 2007, integrando a 2ª Câmara Cível e o TRE-PB.

Damião Rodrigues