Bota e Fla duelam em prévia de mata-mata, mas dizem que foco está no BR

seedorf-e-joao-paulo-disputam-a-bola-em-classico-entre-botafogo-e-flamengo-no-maracana-1380163435672_615x300Além de tabus e rivalidade em jogo, outro elemento apimentará o confronto entre Botafogo e Flamengo, que se enfrentam em neste domingo, às 18h30, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. A partida será uma prévia do clássico pelas quartas de final da Copa do Brasil, no dia 23 deste mês. E apesar da oportunidade de estudar o adversário e medir forças para a partida eliminatória, os jogadores, ao menos no discurso, dizem que o próximo jogo é o mais importante.

A condição das duas equipes no Campeonato Brasileiro é distinta. O Botafogo, que já chegou a liderar a competição e atualmente é o 3º colocado, tem nove pontos de vantagem sobre a primeira equipe fora do G-4. O Flamengo, em 7º lugar, está mais próximo da zona de rebaixamento – cinco pontos de vantagem – que da área de classificação à Libertadores – oito ponto a menos.

“O do momento é o mais importante. Traçamos metas e podemos terminar a rodada do Brasileiro em segundo lugar. Depois, vamos pensar no confronto pela Copa do Brasil. Não podemos priorizar nada. Às vezes, você coloca o foco em uma competição e pode ter uma frustração por não conseguir. É uma competição de cada vez”, disse o zagueiro Bolívar.

O Flamengo tentará se distanciar da zona da degola para começar a sonhar com o G-4. O objetivo, segundo o técnico Jayme de Almeida, ainda não é esse, por conta da intensa disputa na metade de baixo. O clube da Gávea defenderá justamente no dia 13 de outubro um tabu de 13 anos sem perder para o time de General Severiano em campeonatos brasileiros.

“É indiferente. Temos que pensar nesse campeonato agora. Vamos respeitar o Botafogo e, se vencermos, podemos encostar para, aí sim, pensarmos no G-4. Clássico é um campeonato à parte. Temos que nos dedicar mais, nos empenhar mais. Nada melhor do que vencer um clássico. Vamos respeitar o Botafogo. São 13 anos, mas também não vencíamos o Coritiba há 15. Temos que ter cuidado”, disse o zagueiro Chicão.

Na Copa do Brasil, a partida de ida terminou empatada por 1 a 1 e deixou o confronto aberto. Não há critério de gol fora de casa pelo fato de os dois jogos serem no Maracanã. Quem vencer, avança. Qualquer empate levará a decisão para os pênaltis.

Na atual temporada, o equilíbrio tem sido a marca no confronto entre os rivais. Além da igualdade na Copa do Brasil, o jogo do primeiro turno do Brasileirão também acabou empatado. No Campeonato Carioca, cada equipe venceu uma vez, apesar do triunfo Alvinegro ter sido mais expressivo, na semifinal da Taça Guanabara.

Ampliar

Jogadores levam filhos aos treinos no dia das crianças21 fotos