João Pessoa 11/12/2018

Início » Esporte » Alemão lembra com carinho do Fogão, esperava jogar mais no Inter e pode seguir na Coreia

Alemão lembra com carinho do Fogão, esperava jogar mais no Inter e pode seguir na Coreia

O ano de 2016 ainda é guardado com carinho pelo lateral Alemão. Hoje na Coreia, o jogador, que começou aquela temporada jogando a segunda divisão paulista pelo Bragantino, terminou o ano classificado para a Libertadores com o Botafogo. Em conversa com a reportagem de o Gol, Alemão destacou 2016 como um ano “inesquecível”.

“Foi muito positivo, tanto em qualidade quanto em evolução.  Foi o ápice da minha carreira, um ano maravilhoso que foi coroado com minha ida ao Fogão. Conseguir levar a equipe para Libertadores… Defino esse ano como inesquecível”.

Alemão foi titular do Glorioso na reta final da campanha do Brasileiro daquele ano. O clube acabou em quinto, classificado para a Libertadores. O lateral tinha quase tudo certo para jogar o torneio pelos cariocas, até aparecer o Internacional.

“A negociação foi meio repentina, pois até então minha renovação com Botafogo estava pronta. Por causa de um impasse com a empresa que adminstrava minha carreira e a diretoria (do Botafogo), foram desfeitos alguns acordos e acabamos não entrando num consenso. Com isso, já havia o interesse do Inter e outras equipes e eu escolhi o Inter”, revela.

No Sul, Alemão não conseguiu ter muita sequência. Ajudou o Inter a subir para a Série A, mas não jogou a primeira divisão pelo colorado. Uma lesão no pé atrapalhou um pouco, mas o atleta esperava ter tido a chance de disputar a primeira divisão em Porto Alegre.

“Não tive uma sequência de jogos pois sofri uma lesão no pé direito, onde fiquei fora dos gramados por cinco meses. Mesmo assim, consegui voltar na reta final da Série B e atuei em algumas ocasiões. No meu ponto de vista, fui muito bem, me sinto honrado em ter feito parte e ter ajudado a colocar o Inter de volta na Série A. Sem dúvida nenhuma, eu esperava atuar nessa Série A para ter mais oportunidades de mostrar o melhor do Alemão, mas o Inter optou por não contar comigo. Mas respeito a opinião, sou atleta do clube e sigo trabalhando”.

Alemão ainda tem contrato com o Colorado e joga emprestado no futebol coreano. No Pohang Steelers, tenta a classificação para a Liga dos Campeões da Ásia na próxima temporada. Feliz no país, o atleta pode seguir no Pohang em 2019.

“Ainda não me decidi, mas também não depende só de mim, uma vez que meu contrato com Inter vai ate o fim de 2019. Aqui, as chances são reais de renovação, mas não tem nada definido ainda.  Procuro não pensar muito no futuro. É focar aqui para classificar a equipe e acabar o ano bem. Depois, pensamos na próxima temporada”.

O Gol