ALPB aprova pedido de audiência pública para debater as denúncias de desvio de dinheiro

Ontem (26), os deputados estaduais aprovavam um pedido de audiência pública para debater as denúncias de desvio de dinheiro nas obras do Parque da Lagoa, em João Pessoa. O requerimento foi de Aníbal Marcolino (PSD).

A proposta foi aprovada pela bancada de situação, mas teve o voto contrário do petista Anísio Maia, da bancada governista, mas decidiu não acompanhar o voto dos colegas. O deputado justificou que votou contrário a discussão por acreditar que o debate deve ser realizado na Câmara Municipal da Capital.

“Esse caso da Lagoa é municipal e não acredito que deve ser discutido na Casa. Votei contrário porque acho que estão tratando demais de coisas referentes ao município. Não vejo necessidade dessa discussão no Legislativo Estadual”, justificou o parlamentar

Já para o líder da bancada de oposição na Câmara Municipal de João Pessoa, Bruno Farias (PPS), a postura é correta da ALPB. Para ele qualquer parlamento não pode adotar a postura de Pilatos, de ‘lavar as mãos’ diante de um escândalo dessa magnitude e que mancha a história da Capital do Estado. “Você não pode fazer com que o parlamento tenha a mesma postura de Pilatos, e lavar as mãos diante de um escândalo que choca a toda sociedade”, disse.

PB Agora