ALPB discute prevenção do câncer de mama em sessão especial - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

ALPB discute prevenção do câncer de mama em sessão especial

outubro rosaA Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), através da Comissão em Defesa da Mulher, realizou uma sessão especial, nesta terça-feira (22), para debater a promoção de atividades de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama. O encontro fez parte das atividades desenvolvidas pela Casa durante este mês em que se comemora o Outubro Rosa.

A deputada Daniella Ribeiro (PP), autora da sessão, recebeu um ofício com reivindicações dos representantes da Organização Não Governamental Amigos do Peito, que trabalha em apoio aos portadores do câncer, e fez um encaminhamento para formar um grupo de trabalho juntamente com todas as instituições presentes no encontro com a finalidade de fiscalizar e cobrar a assistência oferecida pelo serviço público no Estado.

A sessão, que contou com a participação dos representantes da área de saúde, da sociedade civil, empresários de comunicação e autoridades políticas teve como objetivo chamar a atenção para os cuidados e prevenção da doença, não apenas no período chamado de Outubro Rosa, mas permanentemente.

“A idéia partiu no sentido de que pudéssemos levar o ‘rosa’ para os outros meses do ano. Então nos unimos hoje em torno de uma ação contundente em que cada um assuma um compromisso de fazer com que se torne uma verdade, e a partir do próximo mês quando acabar outubro, o ‘rosa’ permaneça”, disse Daniella Ribeiro.

O procurador da República, José Guilherme Ferraz, falou sobre a importância da existência de metas entre os gestores da saúde para que aconteçam capacitações dos profissionais e que ocorram melhorias no atendimento. “O que tenho colocado é que deve existe uma meta do Estado de melhoria dos serviços para o tratamento, pois devemos nos comprometer para que o número de exames realizados cresça. Isso é uma função para os gestores”, ressaltou o procurador.

Já a deputada Estadual Aline Correio (PP-SP) destacou a importância da divulgação da campanha em todos os Estados do país. “É uma campanha que desde a época de 90 vem ganhando muita força e que a cada ano existe um aumento significativo em torno da quantidade do autoexame. É importante que todos os Estados divulguem esta campanha, pois a iniciativa da Assembleia da Paraíba demonstra o cuidado especial com a população feminina paraibana”, disse a parlamentar.

Dados – Este tipo de câncer deve vitimar cerca de 8,8 mil mulheres só este ano na Paraíba, segundo dados da Sociedade Paraibana de Mastologia. No Brasil, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), são esperados de 49.400 novos casos de câncer de mama em 2010, com um risco de 49 casos a cada 100 mil mulheres, principalmente nas regiões Sul e Sudeste, onde já existe uma concentração maior de diagnósticos da doença. Segundo dados do DataSUS do Ministério da Saúde, o número de mulheres que morreram por causa do câncer de mama aumentou 45% em 10 anos.

ASSESSORIA PARLAMENTAR