Ana Clara é obrigada a dormir na mesma cama que o pai no BBB18

Ana Clara e o pai na cama (Foto: Reprodução)

A situação da participante Ana Clara não é das melhores no BBB18. Após todas as polêmicas envolvendo o seu pai, que tem intimidades duvidosas com toda a família, ela acabou sendo obrigada a dividir a cama com ele na madrugada desta segunda-feira (29).

Os dois estavam no andar de cima da casa, juntamente com a mãe e o sobrinho da família Lima, mas após a eliminação dos dois últimos, os que restaram tiveram que descer e dormir com os demais. Ele encontrou uma cama e ela foi convidada para o Bangalô do Líder.

Mahmoud convidou Kaysar e Ana Clara para dormir com ele, dizendo que os encontraria mais tarde. No entanto, depois que Ana arrumou as suas coisas e se dirigiu ao local, os dois rapazes já haviam pegado no sono e, apesar de ter batido na porta, eles não acordaram.

Ana Clara e o pai na cama (Foto: Reprodução)

Restou para a ruiva a cama do pai. “Não creio. Será que um dia os humilhados serão exaltados? P*** que pariu!”, reclamou ela, que precisou dividir a cama, travesseiro e lençol com Ayrton. Que situação…

Minutos antes, ela estava comentando com os amigos que não gostaria de ser Líder justamente para não ter que dormir com ele no Bangalô. Pelo visto nem precisou ganhar a liderança para isso acontecer.

DUPLA COM O PAI NO JOGO

Ana Clara e o pai passaram a valer como um só participante no BBB18. Ou seja, em caso de Prova do Líder ou eliminação, as consequências passam a atingir a vida dos dois integrantes da família Lima que o público escolheu para continuarem no programa.

Neste domingo (28) o resultado foi positivo para Ana Clara (Filha) e Ayrton (Pai), que continuaram no jogo, enquanto Jorge e Eva foram eliminados. Entretanto, a filha não gostou muito de saber que fará dupla com o pai na competição. Ela detonou a decisão da Globo.Em conversa com Jaqueline e Jéssica, a ruiva demonstrou descontentamento com a regra do reality. “Eu achei horrível isso da gente ser uma pessoa só”, comentou. “E se eu fizer uma cagada? Meu pai leva junto? Isso não é legal para ninguém”, lamentou ela, triste com a situação.

“Eu sou uma pessoa e ele é outra com pensamentos e atitudes diferentes. E se não concordarmos no voto? Eu não gostei disso. Não mesmo”, completou.

TV Foco