Anderson Silva faz fisioterapia e garante: 'Vou ficar bem' - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Anderson Silva faz fisioterapia e garante: ‘Vou ficar bem’

ANDERSON SILVALOS ANGELES – A recuperação de Anderson Silva está acontecendo mais rápido do que o esperado. Nesta segunda-feira, o lutador utilizou o Instagram para publicar uma foto em que aparece fazendo fisioterapia. Ele agradeceu o apoio dos fãs e garantiu que ficará bem.

Reprodução/Instagram
Anderson está divulgando a sua recuperação nas redes sociais

“Muito obrigado pelo carinho de todos. Vou ficar bom. Eu prometo a vocês que vou” disse ele, através da rede social.

Depois de fraturar a tíbia e a fíbula da perna esquerda na luta contra Chris Weidman, que valia o cinturão dos pesos médios no UFC, Anderson passou por uma cirurgia e já está no período de recuperação. Na última semana, ele já recebeu alta do hospital e apareceu, ao lado de seus familiares, usando muletas. A previsão é que ‘Spider’ volte a treinar em um período de 3 e 6 meses.

SÃO PAULO – A lesão de Anderson Silva no UFC 168 continua causando muitas dúvidas em quem acompanha ex-campeão dos pesos médios de perto. Mesmo já tendo admitido à seus médicos que deseja voltar aos octógonos, a família do lutador pode fazer sua decisão mudar. Kalyl Silva, um dos cinco filhos do atleta, postou uma foto em seu Instagram em que elogia Chris Weidman e anseia pela aposentadoria do pai.

“Todo o respeito ao Chris por ir lá e lutar como um campeão. Parabéns, Chris. É a sua vez de ser uma lenda. Todos aqueles que odeiam meu pai estão em festa e não vieram falar comigo, não é minha culpa. Mas quero ver vocês fazerem o que ele faz. Espero que ele se aposente e vá para casa, porque eu estou cansado de ver meu pai treinar todos os dias, ficar dois ou três meses fora. Uma perna quebrada acontece… E como sempre, você é o MEU campeão, pai. E, mais uma vez, bom trabalho Chris”, escreveu o garoto em inglês.

No último sábado, Anderson Silva viu o sonho de recuperar o cinturão dos pesos médios acabar de maneira trágica. Após um chute em Chris Weidman, o brasileiro quebrou dois ossos da perna esquerda e deve ficar de três a seis meses afastado. Seus 38 anos, a gravidade da lesão e a parecer de seus familiares devem ser fatores preponderantes na decisão final do atleta em caso de aposentadoria.

O Estadão