Anísio ataca troca-troca de partidos e critica mudança na reforma política - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Anísio ataca troca-troca de partidos e critica mudança na reforma política

201310030511000000008910deputado estadual Anísio Maia (PT) atacou hoje durante discurso na Assembleia Legislativa da Paraíba, o troca-troca de partido nesta época do ano e criticou também o Congresso Nacional pela forma como tem conduzido a reforma política. Segundo Anísio, a maioria conservadora do Congresso Nacional enganou o povo brasileiro.

Confira o discurso de Anísio:

 

Mais uma vez, a maioria conservadora do Congresso Nacional enganou o povo brasileiro, ao frustrar o desejo dos brasileiros de ver realizada uma verdadeira Reforma Política.

O Congresso Nacional teve tempo suficiente para realizar tal reforma. Não fez por que não quis. Não fez, porque sua maioria não quer mudar as regras de um jogo desigual, para continuar se elegendo às custas do poder econômico. Os políticos bons de grana  podem comemorar, vão poder continuar de “rédea solta”, comprando votos e gastando muito dinheiro para se comprar mandatos.

Aqui na Paraíba, esse sistema político eleitoral tem mostrado sinais de grande deterioração, chegando ao ponto de políticos falarem abertamente dos motivos de sucessivas trocas de partidos ou “toma lá, dá cá” em um acintoso comércio político.

Chegou-se ao ponto de vermos expostos em outdoors convites para adesão a um partido político com o singelo título “VENHA PARA CÁ, AQUI VOCÊ PODE SE ELEGER”, como se fosse um supermercado vendendo uma mercadoria.

Isto é o retrato do atual sistema político brasileiro: poucos partidos políticos de verdade, com ideologia própria, e uma esmagadora maioria que são, na verdade, instrumentos para comercialização da política.

A única reforma válida para mudar as regras atuais e permitir que o cidadão mais modesto tenha o direito a participar das eleições com chance de se eleger teria que contemplar dois pontos:

 

1 – Impedir a ação do poder econômico nas eleições para que os candidatos tenham condições equilibradas na disputa;

2 – Dificultar o surgimento de partidos fisiológicos e sem representatividade, criados apenas para negociatas políticas.

 

A maioria do Congresso Nacional ao enganar o povo e não permitir mudanças nas regras atuais, apenas provou que quer eleições sujas, favorecendo a eleição de políticos bons de grana em detrimento de políticos bons de projetos e propostas.

 

Assessoria

Paraíba Urgente