Anísio visita Cel. Euller e propõe Plano de Enfrentamento à Violência

anísio e cel eullerApós participar de audiência pública com especialistas em segurança e defesa social, na última terça-feira, 28, o deputado estadual Anísio Maia (PT) visitou o Comando-Geral da Polícia Militar da Paraíba. O parlamentar levou ao comandante, coronel Euller Chaves, a proposta de elaboração de um Plano Estadual de Enfrentamento à Violência e desafios para reforçar a segurança do estado. Na ocasião, o deputado Anísio Maia estendeu o convite ao Cel. Euller para visitar à ALPB.

“Fiz uma visita de cortesia e um primeiro contato para apresentar ao comandante os trabalhos de nossa comissão e o que pretendemos para chegar a construir um Plano Estadual de Enfrentamento à Violência”, explicou Anísio.

Participaram da audiência pública o doutor em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Ariosvaldo Diniz; o advogado e especialista em Criminologia e Psicologia Criminal Deusimar Guedes e o ex-diretor do Centro de Ensino da Polícia Militar, coronel João Batista Lima.

A partir dos relatos dos especialistas, a Comissão se propôs a apresentar um plano estadual de enfrentamento à violência que não seja construído de forma passional ou sensacionalista.AriosvaldoDiniz ressaltou a necessidade de se realizar uma pesquisa aprofundada para compreender aspectos peculiares do crescimento da violência na Paraíba. Antes de apresentarmos propostas para enfrentamento à violência, devemos entender os motivos que explicam seu crescimento.Deusimar Guedes afirmou que não adianta apenas aparelhar as polícias e aumentar o seu contingente. Para ele, inteligência e perícia são duas áreas que precisam ser desenvolvidas. Já o coronel João Batista Lima defendeu que a melhoria da segurança pública não pode ser uma ação exclusivamente da polícia, acrescentando que há várias outras variáveis que são responsáveis pelo aumento da violência, todas elas relacionadas aos indicadores sociais.

“O coronel se dispôs a ajudar a comissão, nos repassar informações e estatísticas para nosso banco de dados e, inclusive, comparecer à Assembleia Legislativa para debater o trabalho da PM e trocar ideias para enriquecer esse plano que queremos apresentar à Paraíba”, destacou Anísio Maia.

Os resultados da audiência pública com os especialistas foram levados ao coronel Euller Chaves, que descreveu como encontrou a Polícia Militar e as mudanças que operou para aparelhá-la e melhorar as condições de trabalho da mesma.

Assessoria