Anitta defende Ludmilla após novo ataque racista: “Inaceitável!”

As funkeiras já foram amigas no passado – Reginaldo Teixeira/Divulgação

Rivalidade à parte, Anitta resolveu esquecer a recente confusão entre ela e Ludmilla e saiu em defesa da rival.

Ludmilla e Anitta deixaram de ser amigas recentemente após uma confusão envolvendo os direitos autoriais do hit ‘Onda Diferente’.

Assim como as funkeiras, os fãs das duas se separaram e estão acirrando o clima de guerra entre as cantoras.

No entato, durante o Prêmio Multishow, que rolou nesta semana, alguns ‘fãs’ de Anitta passaram do limite. Ludmilla foi alvo de racismo durante a premiação, e Anitta saiu em defesa da cantora.

Em vídeo que circula na internet, é possível ver um rapaz chamando Ludmilla de “macaca” quando ela sobe no palco para receber um prêmio. Lud foi vaiada e saiu chorando do palco.

Anitta, que foi apresentadora do evento, criticou a atitude da pessoa que ainda não foi identificada.

Nas redes sociais, Anitta pediu respeito com Ludmilla e disse atitudes assim são inaceitáveis.

“Inaceitável que alguém possa se achar no direito de chamar um negro de macaco ou tentar reduzi-lo como um ser humano inferior. Melhorem. Isso é crime e absolutamente abominável”, escreveu a cantora.

Não é a primeira vez que Ludmilla é alvo de ataques racistas. E, novamente, ela foi para as redes sociais para desabafar.

“Alguém me chama de macaca no vídeo, mas não sabemos quem foi a pessoa exatamente. Cara, até quando isso? Olha, as coisas para mim e acho que para maioria dos brasileiros nunca foram fáceis. E com preconceito e julgamentos pelo tom de pele vocês só complicam as coisas. A vontade de diminuir é tanta que não pensam nas consequências dos seus atos”, lamentou Ludmilla.

Quem sabe o episódio não sirva para voltar a unir as duas divas do funk: Anitta e Ludmilla?

R7.com