Antes amigas, Anitta e Pabllo Vittar estão em pé de guerra

Anitta não está nada contente com o valor exigido pela artista Pabllo Vittar para poder se apresentar em sua festa, a ”Combatchy”, que ocorrerá no dia 19 de novembro, em São Paulo.

De acordo com o jornal Extra, a funkeira ficou chateada e amizade das duas, que até gravaram o clipe “Sua Cara” juntas, ficou abalada.

Atualmente, o cachê da cantora é de R$ 80 mil. Antes, ela cobrava R$ 40 mil para se apresentar. Com a situação, Claudia Leitte foi chamada às pressas para a segunda edição da Combatchy e Pabllo Vittar está fora da festa.. Vale dizer que nos bastidores, a história é que Anitta não teria ficado só chateada pelo valor do cachê cobrado pela amiga, mas também porque foi ela quem colocou Pabllo Vittar no clipe “Sua Cara”, responsável por projetar ainda mais a draqueen, aumentar o cachê dela e por consequência conceder a oportunidade de Pabllo Vittar participar do show de Fergie no último Rock In Rio.

ALGO INUSITADO ACONTECEU NO CLIPE DE ANITTA

Como é de conhecimento, Anitta foi até a Floresta Amazônica para gravar o clipe “Is That For Me”, em parceria com o DJ Alesso. Na coletiva para a imprensa, a cantora contou detalhes de seu novo trabalho.

+Após se separar de Alexandre Pato, atriz engata romance com herdeiro da Globo

“A ideia era mostrar a natureza, os elementos ar, fogo, terra, água e levar para o mundo. Queríamos levar para o mundo, através do canal do Alesso, a beleza da Floresta Amazônica. Alesso vai subir no canal dele, que é mais internacional do que brasileiro, como o meu”, afirmou.

A funkeira revelou que o clipe foi feito em dois dias. “Gravamos Is That For Me nesta segunda e terça. Para conseguirmos tão rápido tivemos que por as ilhas de edição lá na própria floresta. Foi trabalhoso, mas não tão difícil quanto a gente imaginava. Tinham índios locais da Amazônia acompanhando, ajudando no funcionamento e na execução do clipe na floresta. E isso é importante. O turismo na Amazônia caiu muito e a gente ficou feliz de poder estar movimentando e fomentando isso”, declarou.

Anita explicou ainda a decisão de ter equipe e locações benzidas por um líder local: “A gente pediu um pajé para abençoar lá, sou muito ligada a essas coisas de energia. Quando a gente entrou na floresta, senti uma coisa tão louca, falei ‘será que a gente pode ter um pajé aqui para abençoar a gente?’. Foi bem legal”.

TV Foco