Ao menos 200 pés de maconha são encontrados dentro de casa em Sobradinho

Um homem foi preso, na tarde desta segunda-feira (24/7), no condomínio Verde Vale, em Sobradinho. Bruno Fábio Sousa do Amparo, 40 anos, é acusado de cultivar uma grande quantidade de maconha na própria casa. Agentes da 5ª Delegacia de Polícia (Área Central) encontraram, na casa do suspeito, mais de 200 plantas, todas cultivadas em estufas.

Diversas espécies foram encontradas, como o skank – tipo de maconha potencializada – e a maconha. As sementes eram importadas de vários países, segundo o delegado chefe da 5ª DP, Rogério Henrique Oliveira. As origens ainda não foram totalmente descobertas, mas já se sabe que alguns exemplares foram trazidos da Patagônia.
 Bruno morava na Asa Norte e utilizava o terreno em Sobradinho exclusivamente para o cultivo da droga. Os vizinhos da casa onde ficava concentrada a plantação afirmam que não havia movimentação estranha e que o suspeito era “muito discreto”.
Ainda de acordo com a polícia, ele era responsável pelo processo de plantio, a separação da muda e pela manutenção da estufa, que tem luz cor de rosa, para o processo de secagem primária da droga. Depois disso, ele passava as mudas para fora da casa, quando ela já não exalava mais cheiro. Bruno foi levado para a unidade policial a fim de prestar esclarecimentos.
Correio Braziliense