João Pessoa 21/02/2019

Início » Esporte » Após bom primeiro tempo, São Paulo se complica no segundo e é derrotado por Talleres

Após bom primeiro tempo, São Paulo se complica no segundo e é derrotado por Talleres

O São Paulo até fez um bom primeiro tempo, mas caiu de produção na segunda parte e acabou derrotado pelo Talleres, por 2 a 0, pela partida de ida da segunda fase da Copa Libertadores.  No Morumbi, o Tricolor correrá atrás de uma vitória por três gols de diferença para ficar mais perto da fase de grupos do torneio.

Missão difícil, mas não impossível.  São Paulo começa bem o jogo Apesar de jogar com Nenê, Éverton e Pablo, o São Paulo marcava forte a saída de jogo do Talleres. O time argentino tinha em seus quadros o experiente volante Pablo Guiñazu, mas nem ele tirou a equipe do sufoco.  Não houve pressão argentina nos primeiros minutos.

O Tricolor se portou bem na defesa, não deixou o rival crescer e foi controlando o jogo aos poucos.  Com uma trinca de meias, com Jucilei mais atrás de Hudson e Hernanes, os paulistanos iam ganhando terreno. Hudson mesmo apareceu bem no ataque, e chegou a dar trabalho para Herrera.

Nenê aparecia em destaque por um lado, embora Éverton não tivesse tanto protagonismo do outro. Faltava, também, a procura pelo jogo no meio, com Pablo. Mas o primeiro tempo são-paulino foi positivo.  Segundo tempo para jogar fora O time de André Jardine não voltou com a mesma pegada para o segundo tempo. Menos atento na marcação e apático com a bola, acabou deixando os argentinos crescerem.

Uma falha do sistema defensivo acabou ajudando Juan Ramírez a abrir o placar. O meia ficou com sobra de corte de Bruno Alves e teve liberdade para bater forte, abrindo o placar.  Jardine tentou mudar a configuração do ataque com a entrada de Diego Souza no lugar de Nenê. Pablo, enfim, teve boa chance completando falta cobrada por Reinaldo. A bola pegou no poste.  Não deu muito tempo para o time se animar com o lance.

Hudson acabou recebendo o segundo amarelo e foi expulso de campo. Com dez, a derrota foi inevitável, e ainda custou mais caro. Já perto do fim, Pochettino marcou mais um para os argentinos.

O Gol