Após chamamento, Lucélio Cartaxo cede e deve mesmo aceitar desafio de disputar o Senado na chapa do PMDB - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Após chamamento, Lucélio Cartaxo cede e deve mesmo aceitar desafio de disputar o Senado na chapa do PMDB

TEMER E LUCÉLIOAgora só falta o comunicado oficial. Após a reunião decisiva com as presenças do presidente nacional do PT, Rui Falcão, do vice-presidente da República Michel Temer (PMDB), do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) e de outras lideranças dos dois partidos, o ex-superintendente da CBTU Lucélio Cartaxo foi convencido a disputar o Senado Federa na chapa encabeçada pelo ex-prefeito Veneziano Vital.

Apesar de o projeto inicial do irmão do prefeito Luciano Cartaxo ser a disputar pela vaga de deputado federal, Lucélio teria repensado após ter recebido o chamamento da presidente Dilma Rousseff e também do ex-presidente Lula.

Motivado pelas palavras de incentivo dos líderes do PMDB e do PT, Lucélio disse que tinha consciência do papel que desempenhará na chapa majoritária, mas observou que a concretização desse projeto precisa estar vinculada à certeza de que sua contribuição ao lado do líder peemedebista signifique “a real possibilidade de contribuir para soluções sociais, através da nova vocação econômica do Estado”.

Mesmo reconhecendo a importância do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, nesse processo Lucélio garantiu que jamais será candidato de projetos pessoais, mas defende a construção de um projeto amplo com apresentação de propostas avançadas no campo social, sobretudo com o legado de Lula ampliado com a presidenta Dilma.

“Embora totalmente identificado com as lutas de uma cidade grande como é João Pessoa com possibilidade de estender os compromissos em favor de Campina Grande, temos noção exata de que para construir um futuro decente para o Estado é preciso abrigar as lutas do meu Sertão, do Cariri, Curimatau”, declarou.

PB Agora