A população foi às ruas protestar contra o ex-prefeito Adail Pinheiro, condenado

Após condenação de ex-prefeito, população de Coari, no Amazonas, invade casa de vice

população invade casa do vicePopulação se revolta e invade casa do atual prefeito. Ele teria fugido. Foto:

A população da cidade de Coari, no Amazonas, foi às ruas protestar contra o ex-prefeito Adail Pinheiro, condenado na última terça-feira pelo Tribunal de Justiça do Amazonas por não ter repassado ao Poder Legislativo do município R$ 4.843.169 milhões.

Segundo um funcionário da prefeitura local, que preferiu não se identificar, o prefeito em exercício, Igson Monteiro, vice de Adail, não conseguiu honrar com os compromissos e há três meses os servidores não recebem pagamento. Ainda segundo o funcionário, a casa do atual prefeito foi invadida e tiros foram ouvidos no local. As informações chegaram através do WhatsApp do EXTRA.

Pneus e colchão foram queimados
Pneus e colchão foram queimados Foto: Via WhatsApp Jornal Extra

— A população está quebrando tudo. Não tem comando. Na verdade, o prefeito que está preso é quem comanda esta cidade. Saí de frente da casa do prefeito porque ouvi tiros lá. Não sei se foi a polícia ou a população que atirou — informou o servidor.

Nas imagens, é posssível ver o carro do atual prefeito virado de cabeça para baixo e uma aglomeração de pessoas na porta da residência. Segundo o funcionário, o grupo segue para a Câmara Municipal. Moradores teriam saqueado a casa de Igson, que fugiu. Um colchão e pneus foram incendiados.

População teria invadido a casa do atual prefeito
População teria invadido a casa do atual prefeito Foto: Via WhatsApp do jornal Extra

O Comando de Policiamento do Interior da Polícia Militar do Amazonas informou que uma manifestação popular está em curso na cidade de Coari. Policiais de Manaus foram enviados ao município para reforçar o policiamento na área.

A reportagem tentou entrar em contato com a Câmara Municipal e a Prefeitura de Coari, mas ninguém atendeu às ligações.

Ex-prefeito está preso

Adail Pinheiro foi condenado pelo crime de responsabilidade. Segundo o Tribunal de Justiça do Amazonas, o ex-prefeito de Coari descumpriu uma decisão judicial que assegurava a Câmara Municipal de Coari o direito de repasse mensal ao Poder Legislativo de R$ 403.597, 42, referente ao mês de abril de 2008 e os subsequentes até o dia 20 de cada mês.

A pena é de um ano e dois meses em regime aberto, com pagamento de pena em serviços comunitários. O nome do prefeito, no entanto, ganhou as manchetes após a prisão dele por participação em uma rede de exploração sexual de menores no estado. Ele está preso em Manaus.

Adail está preso desde fevereiro de 2013. Em novembro, ele foi condenado pelo TJAM há onde anos e dez meses de prisão em regime fechado pelos crimes de pedofilia e exploraçao sexual de menores. Em dezembro do ano passado, teve o registro de candidatura cassado. Ele havia sido eleito em 2012 pela terceira vez para a Prefeitura de Coari.

População invade casa do atual prefeito
População invade casa do atual prefeito Foto: Via WhatsApp Jornal Extra
Extra Online