Após confirmar concurso público para professor, RC anuncia entrega de 19 escolas só para este mês de agosto

Depois de confirmar a realização de concurso público para professores da rede estadual de ensino da Paraíba, o governador Ricardo Coutinho (PSB) anunciou, nesta sexta-feira (28), a entrega de 19 escolas a serem realizadas só neste mês de agosto, em todo o Estado.

Coutinho destacou que foi o governador que mais realizou concursos públicos na história da Paraíba, chegando, até agora, a marca de 12 mil contratações para cargos efetivos nos últimos seis anos e que o investimento em Educação e qualidade no ensino segue sendo uma prioridade de sua administração.

“Isso faz parte de uma caminhada. Eu sou o governador que mais contratou concursados na história da Paraíba. Eu sou o governador que mais contratou professores concursados no Estado. Só de professores foram mais de quatro mil e no total de concursados chega a 12 mil, ou seja, eu tenho responsabilidade com o setor público. Eu acho fundamental para população um setor público qualificado e que tenha uma boa capacidade de atendimento. É claro que isso é uma construção e inclui, naturalmente profissionais. E, no meio dessa situação, nós que já chegamos a 2.410 salas de aulas construídas, ampliadas ou reformadas, um número extraordinário e potencialmente importante, em agosto agora vamos entregar 19 escolas em um único mês”, disse.

Ainda de acordo com o governador, ao total, só este ano, serão 55 escolas entregues, com um investimento de mais de R$ 73 milhões.

“Este ano serão 55 escolas, R$ 73 milhões investidos. Em agosto entrego 19 escolas. Qual o estado ou qual foi a época que em um só mês se entregava 19 escolas numa média de R$ 1,3 milhão de investimento por cada unidade? ”, retrucou.

No quesito formação acadêmica, a Paraíba também deu um grande salto. Ricardo lembrou que quando assumiu o Estado havia pouco mais de 1500 docentes com especialização em seus currículos e hoje esse número ultrapassa os 5500.

“Nós não tínhamos um professor doutor na rede estadual de ensino e hoje temos mais de 50, ou seja, é investimento na classificação no docente e isso precisa continuar e entre isso tudo está mais um concurso que me comprometi a fazer. A decisão política já está tomada, mas o período em que vai ser e a quantidade de vagas eu só anuncio posteriormente, mas de toda forma é verdade e eu confirmo a realização de mais um concurso na Educação sim”, arrematou.

O chefe do executivo ressaltou ainda as políticas salarias e se comprometeu a estudar as demandas apresentadas pela APLP a fim de atender a todas, dentro das possibilidades da gestão estadual.

PB Agora